Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/872
Título: Contaminação ambiental por fezes de canídeos e eliminação parasitária na vila de Óbidos
Autor: Rosa, Fernanda
Nunes, C.
Costa, F.
Crespo, Maria Virgínia
Almeida, J.P.
Palavras-chave: Contaminação
Fezes
Cão
Distribuição espacial
Sistema de informação geográfica
Parasitismo
Nematoda
Protozoa
Data: 2011
Editora: Sociedade Portuguesa de Parasitologia
Citação: Rosa, F.; Nunes, C.; Costa, F.; Crespo, M.V. & Almeida, J. P. 2011. Contaminação ambiental por fezes de canídeos e eliminação parasitária na vila de Óbidos. Acta Parasitológica Portuguesa, 18 (1/2): 45-48.
Resumo: No centro histórico da Vila de Óbidos procedeu-se à localização de fezes de canídeos, com base em GPS, ao longo de transeptos e polígonos, abrangendo todos os espaços públicos. As fezes foram quantificadas e classificadas como secas ou frescas, tendo-se colhido amostras destas últimas para pesquisa de eliminação de formas parasitárias, em três períodos, na Primavera, no Verão e no Inverno de 2009. A distribuição espacial dos dados foi obtida recorrendo a um SIG (Sistema de Informação Geográfica), que permitiu a integração da informação sobre uma base cartográfica, nomeadamente um ortofotomapa. Registaram-se um total de 264 amostras de fezes, 68 (25,76%) na Primavera, 87 (32,95%) no Verão e 109 (41,29%) no Inverno. A maioria das amostras foi classificada como seca, 221 (83,71%) e apenas 43 (16,29%) foram consideradas frescas: 6 (2,27%) na Primavera, 14 (5,30%) no Verão e 23 (8,71%) no Inverno. Recolheram-se amostras das 43 fezes frescas que foram sujeitas a análises coprológicas pelo método de Willis. A eliminação parasitária foi observada em 18 (32,56%) das mostras frescas. Evidenciaram-se ovos de Toxocara sp. em 17 (94,44%) e ovos de Ancylostomatidae associados a oocistos de Isospora sp. numa única (5,56%). Quanto ao grau de infecção verificou-se um predomínio das infecções ligeiras. Verificou-se uma grande irregularidade na distribuição espacial das amostras, predominando a sua presença em áreas não requalificadas junto à muralha e nos canteiros nas ruas principais da vila.----In the historic center of Óbidos village a survey of dog faeces contamination was done using GPS equipment, along transectss and polygons, covering all the public areas. The faeces were quantified and classified as dry or fresh, and samples were obtained from the latter to search helminthic elimination stages, in the three periods during 2009, in the Spring, Summer and Winter. The spatial distribution of data was obtained using a GIS (Geographic Information System), where the GPS data collected were overlaid with the orthophotomap. A total of 264 samples faeces were registered, 68 (25,76%) in Spring, 87 (32,95%) in Summer and 109 (41,29%) in Winter. The great majority of faeces was classified as dry, 221 (83,71%) and 43 (16,29%) as fresh: six (2,27%) in the Spring, 14 (5,30%) in Summer e 23 (8,71%) in Winter. Coprological exams were performed on 43 fresh faeces samples by Willis Egg output was observed in 18 (32,56%) faeces samples. Toxocara sp. em 7 (94,44%) and Ancylostomatidae eggs in association with oocystis of Isospora sp. in one (5,56%) were noticed. In what concern the degree of infection, light infections were predominant. A large irregularity in spacial distribution of faeces was evidenced, being its presence predominant in areas wich have not qualified next to the wall and the flower beds on the main street of the village.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/872
ISSN: 0872-5292
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CRESPOMV_contambÓBidos_APP18_2011.pdf1,6 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.