Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/862
Título: Parasitismo num núcleo de cavalos da raça Sorraia
Autor: Crespo, Maria Virgínia
Rosa, Fernanda
Ferreirinha, Dario
Palavras-chave: Esquema antiparasitário
equinos Sorraia
Santarém
Deworming program
Sorraia horse
Data: Jun-2013
Editora: Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém (UIIPS)
Citação: Crespo, M.; Rosa, F. & Ferreirinha, D. (2013). Parasitismo num núcleo de cavalos da raça Sorraia. Revista da Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém, 2, 316-323
Resumo: No sentido de se implementar um esquema profilático antiparasitário adequado aos equinos de raça Sorraia recém introduzidos na Escola Superior Agrária de Santarém (janeiro 2003), procedeu-se à pesquisa de endo e ectoparasitas quando da sua chegada, bem como à colheita de fezes quinzenais, durante 16 meses, para determinar o período de reaparecimento de ovos e os tipo, grau e evolução do parasitismo. As amostras de fezes foram sujeitas a exames qualitativos (técnicas de Willis e de sedimentação espontânea) e quantitativos (técnica de McMaster) e a coproculturas. Identificaram-se ovos de estrongilídeos gastrintestinais, formas larvares de Gasterophilus intestinalis e espécimes adultos de Dermacentor marginatus. Com base nestes resultados os animais foram desparasitados com EQVALAN® e com ARPON®. O período de reaparecimento de ovos foi de 8 semanas nas fêmeas e de 18 nos machos. Na época de cobrições, as médias de eliminação nas fêmeas, foram acima dos 1000 estrongílideos gastrintestinais/ovos por grama de fezes. Depois da 2ª desparasitação (junho de 2003), verificou-se uma evolução do parasitismo idêntica à manifestada anteriormente, no entanto, a média de eliminação de ovos foi inferior, pelo que apenas se repetiu a desparasitação em 2004, antes do início das cobrições. Os resultados obtidos determinaram a implementação de um esquema de tratamento bianual.----In order to implement a deworming program suitable to introduced Portuguese Sorraia donkeys in Escola Superior Agrária of Santarém, a research on endo and ectoparasites was performed immediately after their introduction and for a period of 16 months to evaluate the type, degree, evolution of parasitism and the eggs reappearing period. Fortnightly faeces samples were taken and qualitative and quantitative parasitological exams were performed. Gastrointestinal strongylids eggs, Gasterophilus intestinalis larvae and Dermacentor marginatus were identified. Based on these results the animals were dewormed with EQVALAN® and ARPON®. The eggs reappearing period was 8 weeks in mares and 18 in stallions. During the breeding season, the average of egg output in females was above 1000 gastrointestinal strongylids. After the 2nd deworming (June 2003), the pattern of helminths egg output was similar to that one described above, although the egg output was minor, consequently the next deworming occurred only in the following year, in 2004, just before the beginning of the breeding season. Data suggested the implementation of a deworming program with two annual treatments.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/862
ISSN: 2182-9608
Versão do Editor: http://www.ipsantarem.pt/wp-content/uploads/2013/04/Revista-da-UIIPS_Vol2_2013_AGRARIA_ISSN-2182- 9608.pdf
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CRESPOMV_CavSorraia_REVUIIPS_2013.pdf1,07 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.