Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/837
Título: Cuidados veterinários e infeção parasitária em animais de companhia seguidos numa clínica médico-veterinária
Autor: Fradinho, A. R.
Crespo, Maria Virgínia
Ribeiro, Verónica
Rosa, Fernanda
Cruz, S.
Palavras-chave: Animal de estimação
Cuidados médico veterinários
Infeção parasitária
Veterinary care
Pet animals
Parasitic infection
Data: Jun-2013
Editora: Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém (UIIPS)
Citação: Fradinho, A. R.; Crespo, M.; Ribeiro, V.; Rosa, F. & Cruz, S. (2013). Cuidados veterinários e infeção parasitária em animais de companhia seguidos numa clínica médico-veterinária. Revista da Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém, 2, 157-163
Resumo: O objetivo deste trabalho foi determinar as espécies animais que frequentam uma clínica médico-veterinária, os cuidados que os proprietários têm, os problemas mais frequentes e quais os métodos de prevenção utilizados. Pretendeu-se ainda avaliar a fauna parasitária presente em felídeos e canídeos seguidos na clínica. Em 2011, acompanharam-se 133 casos clínicos e realizaram-se 113 inquéritos a donos de animais. Efetuaram-se recolhas de fezes, num total de 86 amostras, que foram sujeitas a análises coprológicas qualitativas pela técnica de Willis. Os cães com idades entre >18 meses-6 anos, do sexo feminino, de raça pura, com porte pequeno e pelagem curta foram predominantes. Os felídeos com idade entre >18 meses-6 anos, do sexo feminino, pelagem curta e de raça indeterminada dominaram. Prevaleceram as consultas de rotina e nestas as relacionadas com a sanidade. As patologias predominantes foram do foro digestivo, urinário e dermatológico. Em cirurgia salientaram-se as esterilizações. Oito dos canídeos apresentaram ovos de Ascarididae, Ancylostomatidae e Trichuridae. Ctenocephalides felis felis, Ixodes ventalloi e R. sanguineus identificaram-se num gato e em três cães.Verificou-se que cada vez mais os proprietários têm consciência da importância do bem-estar e saúde animal como forma de proteger a sua própria saúde, levando os animais ao médico-veterinário. This study aimed to identify the more frequent pets that attend a veterinary clinic, the owners care, the main issues affecting pets, and the followed preventive measures. Simultaneously, a parasitological evaluation was performed in felines and canines attending the clinic. In 2011, 133 clinical cases were followed up and 113 enquiries performed to animal owners. Faeces were collected on pets examined in the clinic, with a total of 86 samples. Qualitative parasitological fecal analyses were performed. Dogs, aged between> 18m-6a, female, purebreds, small size and short pelage were predominant. Relatively to the cats, prevailed age between> 18m-6a, female sex, indeterminate race and short pelage. Routine visits prevailed and inside this, the appointments for sanitary issues were superior. The most frequent pathologies observed were related to the digestive and urinary systems and skin. In surgery, sterilizations were more frequent. In 8 dog faeces Ascarididae, Ancylostomatidae and Trichuridae eggs were identified. Ctenocephalides felis felis and Ixodes ventalloi and R. sanguineus were identified in three dogs and one cat. This study emphasized that owners are aware of animal welfare and animal health as a way of protection of their own health, and use to take their pets more often to a vet.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/837
ISSN: 2182-9608
Versão do Editor: http://www.ipsantarem.pt/wp-content/uploads/2013/06/Revista-da-UIIPS_Vol2_2013_AGRARIA_ISSN-2182- 9608.pdf
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CRESPOMV_CliNAnimCompSTR_RevUIIPS2013.pdf1,71 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.