Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/834
Título: Comportamentos de Puma concolor do Jardim Zoológico de Lisboa, submetido a um programa de enriquecimento ambiental
Autor: Crespo, António Pedro
Ferreira, José
Tibério, L.
Pereira, Ana
Carolino, N.
Palavras-chave: Puma concolor
Enriquecimento ambiental
Jardim Zoológico de Lisboa
Environmental enrichment
Lisbon Zoo
Data: Jun-2013
Editora: Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém
Citação: Crespo, A.; Ferreira, J.; Tibério, L.; Pereira, A. & Carolino, N. (2013). Comportamentos de Puma concolor do Jardim Zoológico de Lisboa, submetido a um programa de enriquecimento ambiental. Revista da Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém, 2, 124-131
Resumo: O enriquecimento ambiental melhora a qualidade de vida dos animais, estimulando os seus sentidos, provocando instintos naturais e promovendo a atividade física e o domínio do território. Com vista a melhorar o bem-estar de um grupo de pumas (Puma concolor, Linnaeus, 1771), do Jardim Zoológico de Lisboa, submeteram-se os animais a um programa de enriquecimento ambiental. O estudo abrangeu 100 horas, incluindo dois itens de enriquecimento alimentar e um olfativo. As observações incidiram em cinco fases distintas: base line, enriquecimento (três itens) e end line. A metodologia usada neste estudo, consistiu em observações focais, com registos minuto a minuto, duas horas de manhã e duas à tarde, por dia, durante cinco dias, para cada fase. Os dados foram analisados através de testes não paramétricos de Wilcoxon e de Kruskal-Wallis, utilizando-se para o efeito o programa SAS (2004). Os estímulos de enriquecimento ambiental aumentaram a diversidade de comportamentos e a atividade e diminuiram os comportamentos inativos. A fêmea foi mais ativa do que o macho e ambos, apresentaram maior atividade de manhã. Os pumas beneficiaram do enriquecimento manifestado por um aumento da diversidade de comportamentos e capacidade de interação e pela diminuição de comportamentos relacionados com o desinteresse e a agressividade.Environmental enrichment is a tool that can improve the life quality of captive animals by stimulating their senses, natural instincts, physical activity and domination of its habitat. In order to improve the psychological and physiological wellfare of listless and overweighted male and female Cougars (Puma concolor Linnaeus, 1771), at the Lisbon Zoo, a study of environmental enrichment was performed. The study took an overall of 100 hours of environmental enrichment, with too feeding enrichment items and one sensorial enrichment item. The methodology used in this study consisted of focal observations (focal sampling) with records of every minute for four hours per day (two in the morning, two in the afternoon), for a period of five days for each phase of the trial. The data was analyzed using nonparametric tests (Wilcoxon and Kruskal-Wallis), using for this purpose SAS (2004). The use of environmental enrichment increased the behavioural diversity during the enrichment trials and decreased the inactive behaviors. During the enrichment period the female showed more active behaviours than the male and all the animals were more active in the morning. In the overall, the cougars benefited from the enrichment by improving behaviour diversity and social interactions skills and by decreasing aggressiveness.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/834
ISSN: 2189-9602
Versão do Editor: http://www.ipsantarem.pt/wp-content/uploads/2013/06/Revista-da-UIIPS_N2_Vol1_2013_ISSN-2182-9608.pdf
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CRESPOA_Puma_RevUIIPS2013.pdf952,88 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.