Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/822
Título: Ação de sensibilização e educação sobre ambiente e saúde - EXPO CRIANÇA, 2009
Autor: Crespo, Maria Virgínia
Ribeiro, Ana Pires
Rosa, Fernanda
Palavras-chave: Criança
Ação de sensibilização
Educação
Protecção ambiental
Saúde pública
Child
Educational and Awareness Activities
Environment and Health
Data: Jun-2013
Editora: Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém (UIIPS)
Citação: Crespo, M. V.; Ribeiro, A. P.; Rosa, F., 2013 - Ação de sensibilização e educação sobre ambiente e saúde - EXPO CRIANÇA, 2009. Revista da Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém, 2: 6-22
Resumo: A contaminação ambiental por dejetos caninos e os parasitas eliminados com eles são considerados fatores de risco em Saúde Pública. Assim, o presente estudo incidiu numa ação de sensibilização sobre Ambiente e Saúde, que decorreu na Expo Criança 2009, em Santarém, composta por três fases: explicativa, demonstrativa e participativa, cujo objetivo foi o de dar às crianças um papel ativo na educação e sensibilização ambiental. Compreendeu a visualização de parasitas, jogos temáticos, simulações da ida ao Veterinário e recolha de dejetos, exposição de um jardim público com parque canino, construído com brinquedos de crianças, exibição de apresentações e de painéis temáticos. Para avaliar o conhecimento, grau de sensibilização e a eficácia da ação, realizou-se um inquérito às crianças sobre a sua interação e cuidados com canídeos. Os dados obtidos revelaram que as crianças inquiridas eram maioritariamente da região do Ribatejo, predominando as do sexo feminino e da faixa etária dos sete aos dez anos. Salienta-se ainda que 51,87% das crianças possuíam canídeos e afirmaram apanhar os dejetos, apesar de referirem a inexistência de dispensadores e contentores próprios para o efeito. Concluiu-se que a ação foi conseguida, visto que a maioria das crianças, referiu ter preferência futura, por atividades ligadas aos animais. Environmental contamination by canine faeces and parasites is considered a risk to Public Health. Thus, this study focuses on the involvement in a program of Health and Environment awareness, held at Expo Criança 2009, in Santarém, which consisted on an explanatory, demonstrative and participatory phases, aiming to give children na active role as partners in education and environmental awareness. This involved several activities, such as the visualization of parasites, thematic games, simulations of the Veterinary appointments and picking up of canine waste, exhibition of public gardens with dog parks built with children toys, illustrating thematic presentations and posters. Furthermore, in order to assess the degree of knowledge and awareness of population, a survey was performed, targeting children about their interaction with pets and pet health. Data obtained revealed that inquired children were from the Ribatejo and Oeste regions, young girls prevailed, aged from seven to ten years. It was highlighted that 51,87% of children had dogs and most of them admitted collecting dog faeces from soil, although they mentioned the inexistence of bags dispensers and waste boxes. This activity was considered as a successful one because children show preference by future activities related to animals.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/822
ISSN: 2182-9608
Versão do Editor: http://www.ipsantarem.pt/wp-content/uploads/2013/04/Revista-da-UIIPS_Vol2_2013_AGRARIA_ISSN-2182- 9608.pdf
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CRESPOMV_EXPOCRIANÇA2009_RevIIPS2013.pdf3,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.