Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/75
Título: A e-Liderança nos projectos em Empresas de Inserção (EI) de Economia Social enquanto potenciadora da construção de pontes para a estratégia de emprego e de inclusão social
Autor: Samartinho, João
Faria, Jorge
Palavras-chave: e-Liderança
Empresas de Inserção
Connecting Innovation to People
Empreendedorismo Social
Estratégia
Inclusão Social
Data: 11-Jun-2010
Resumo: O Terceiro Sector em Portugal tem vindo a intensificar a sua participação no combate à pobreza e à exclusão social. Uma área particular de actuação neste campo prende-se com o desenvolvimento de acções e de projectos inovadores ao nível do conteúdo e do modelo de trabalho adoptado através de parcerias e da exploração de redes colaborativas. Este modelo, como todos os modelos organizacionais, carece de uma liderança capaz de desenvolver uma actividade económica com autonomia financeira e, simultaneamente, capaz de dar cumprimento à sua missão de promover «… o empowerment pessoal e local através da formação e (re)integração profissional dos seus beneficiários/trabalhadores, “recrutados” entre públicos vulneráveis, e ainda a promoção do desenvolvimento social e local», (Quintão – 2004 in Caleiras – 2008). A articulação entre emprego e inclusão social é explorada pelas EI através de uma estratégia que visa a aquisição e desenvolvimento de competências pessoais, sociais e profissionais por parte dos formandos baseadas no exercício de uma actividade profissional. Esta estratégia tem implícitos dois momentos distintos: a formação e a profissionalização que decorrem em períodos contínuos de 6 meses e 6 a 24 meses respectivamente, que objectivamente possam conduzir à “… sustentabilidade dos respectivos negócios” (MTSS - 2007). Neste contexto, a exploração de modelos em e-Liderança que visem o acompanhamento em tempo real dos projectos e, ao mesmo tempo, funcionem como mecanismo de promoção da auto-estima, do respeito, da disciplina e da confiança dos liderados, pode mostrar-se como um factor diferenciador e potenciador das capacidades empreendedoras que permitiram “marcar” a diferença entre a sustentabilidade de um negócio inovador e o seu abandono.
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/75
Aparece nas colecções:Comunicações em conferências e congressos_ESGTS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
JoaoSamartinho_CICES_Santarem2009.pdf162,89 kBAdobe PDFVer/Abrir
5CICES ESGTS 11Jul2009 JFaria JSamartinho.pdf617,83 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.