Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/648
Título: Cuidados veterinários e infeção parasitária em animais de companhia
Autor: Fradinho, A. R.
Crespo, Maria Virgínia
Ribeiro, Verónica
Rosa, Fernanda
Cruz, S.
Palavras-chave: Cuidados médico veterinários
animais de companhia
infeção parasitária
Data: 2012
Editora: Unidade de Investigação do IPS - UIIPS
Citação: Fradinho, A. R.; Crespo, M.V.; Ribeiro, V. ; Rosa, F. ; Cruz, S. (2012)-Cuidados veterinários e infeção parasitária em animais de companhia. Congresso de Investigação e Desenvolvimento do IPS, UIIPS, 8 e 9 de Fevereiro, ESAS, Santarém, 53.
Resumo: Os cuidados de higiene e sanidade são medidas preventivas muito importantes para o bem-estar animal e proteção da saúde pública. Neste contexto, o médico veterinário e as clínicas que atualmente oferecem uma grande variedade de serviços, representam um papel fundamental na relação, Homem, animal e meio ambiente. Assim, o objetivo deste trabalho foi determinar as espécies animais que mais frequentam uma clínica médico-veterinária, os cuidados que os proprietários têm, os problemas mais frequentes e quais os métodos de prevenção utilizados. Pretendeu-se ainda avaliar a fauna parasitária presente em felídeos e canídeos seguidos na clínica. O estudo realizou-se entre fevereiro e junho de 2011, acompanhando-se 133 casos clínicos e a realização de 113 inquéritos aos proprietários. Efetuaram-se recolhas de fezes, num total de 86 amostras (78 de cães/8 de gatos), que foram sujeitas a análise coprológica qualitativas pela técnica de Willis. Verificou-se que a maioria dos proprietários, tinha idade compreendida entre 21-40 anos (50,44%), era do sexo feminino (57,52%), tinha estudos superiores (43,36%) e residia em Santarém (79,65%). Em relação aos animais, sobressaíram os canídeos (84,21%), dos quais a maioria tinha idade compreendida entre >18 meses-6 anos (42,86%), era do sexo feminino (57,14%), de raça pura (66,07%), com porte pequeno (42,86%) e pelagem curta (61,61%). Relativamente aos felídeos igualmente predominaram a idade entre >18 meses-6 anos (36,84%), o sexo feminino (68,42%) e a pelagem curta (78,95%), mas de raça indeterminada (78,95%). Dos novos animais de companhia observados, 50,00% tinham idade compreendida entre > 6m-18m e os outros entre > 18m-6a; situação idêntica observou-se em relação ao sexo. Prevaleceram as consultas de rotina (67,67%) e dentro destas as de sanidade foram superiores (65,17%). Nos tratamentos predominou o uso de medicamentos (86,36%), com valores mais altos para os produtos injetáveis (59,09%). As patologias mais observadas foram do foro digestivo, urinário e dermatológico, com 21,43%, cada. Em cirurgia salientaram-se as esterilizações (75,00%). As amostras de fezes de felinos não apresentaram eliminação parasitária e apenas em oito dos canídeos (10,26%) se observaram ovos de Ascarididae, Ancylostomatidae e Trichuridae. Recolheram-se ectoparasitas num gato (12,50%) e em três cães (3,85%), tendo-se identificado Ctenocephalides felis felis (Insecta), Ixodes ventalloi e R. sanguineus (Ixodidae). Neste estudo verificou-se que cada vez mais os proprietários têm consciência da importância do bem-estar e saúde animal como forma de proteger a sua própria saúde, levando os animais ao médico-veterinário, contribuindo assim, para uma menor contaminação parasitária ambiental e para uma convivência mais saudável. Hygiene care and sanitary programs are very important prophylactic measures to protect animal welfare and pet health. In this context the role of the veterinary physician and veterinary clinics, which actually offers a wide range of services, is essential in a healthy relationship among owner, pet and environment. This study aimed to identify which were the more frequent pets to attend in a veterinary clinic, the owners care, the main issues affecting pets, and which preventive measures are followed. Simultaneously, a parasitological evaluation was performed in felines and canines followed in the clinic. From February to June 2011, 133 clinical cases was followed up of and 113 enquiries performed to animal owners. Faeces were collected on companion animals, observed in the clinic, with a total of 86 samples (78 dogs/8 cats). Qualitative parasitological fecal analyses were performed by Willis technique. Analyzing the survey data, it was found that the great majority of the owners had ages between 21-40th (50,44%), were female (57,52%), had higher education (43,36%) and lived in Santarém (79,65%). In what concern companionship animals, dogs (84,21 %) were predominant, in which the majority had age between> 18m-6a (42,86 %), were female (57,14 %), were purebreds (66,07%), small size (42,86 %), and short pelage (61,61 %). Relatively to the cats, prevailed the age between> 18m-6a (36,84 %), the female sex (68,42 %), the indeterminate race (78,95%) and the short pelage (78,95 %). Out of the observed nacs, 50.00% were aged > 6m-18m and the other 50.00% of > 18m-6a; a similar situation was observed in relation to sex and fur. Prevailed routine visits (67,67%) and inside this, the appointments by sanitary issues were superior (65,17 %), with 40,45 % of vaccinations. In relation to treatment prevailed drug use (86,36%), with the higher values of inoculation drugs (59.09%). The most frequent pathologies observed were related to the digestive and urinary systems and skin (21,43%) and in surgery were carried out more sterilizations (75,00%). The samples from cats did not show parasitic elimination but eight dogs had egg output (10,26%). In dogs Ascarididae, Ancylostomatidae and Trichuridae eggs were identified. Ectoparasites were observed in three (3,85%) out of 78 dogs observed. Insecta (Ctenocephalides felis felis) and Ixodidae (Ixodes ventalloi and R. sanguineus) were identified. This study emphasized that owners are aware of animal welfare and animal health as a way of protection their own health, and use to take their pets more often to a vet, which will contribute to a lower environmental parasitic contamination and a healthy coexistence.
Descrição: Apresentação em painel
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/648
Aparece nas colecções:Posters em conferências e congressos_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Crespo, MV-ANIVET- UIIPS.pdf3,6 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.