Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/578
Título: Ascaridiose em suínos abatidos em matadouro – dados preliminares
Autor: Vieira, Vera
Crespo, Maria Virgínia
Rosa, Fernanda
Palavras-chave: Ascaridiose
Suíno
Matadouro
Fígado
Fezes
Diagnóstico de laboratório
Data: 2006
Editora: Sociedade Portuguesa de Parasitologia
Citação: Vieira, V.; Crespo, M.V.; Rosa, F. (2006) - Ascaridiose em suínos abatidos em matadouro – dados preliminares. Acta Parasitológica, 13 (1-2): 33-36.
Resumo: A causa mais frequente de rejeição de fígados de suínos deve-se à presença de nódulos esbranquiçados e manchas leitosas provocadas pela migração larvar de Ascaris suum. No nosso país pouco se sabe sobre a situação actual desta parasitose, pelo que o presente trabalho reporta-se a um estudo preliminar que teve como objectivo pesquisar a ocorrência de A. suum em suínos de explorações com diferentes proveniências e relacionar as lesões existentes no fígado, com o número de parasitas adultos encontrados no intestino e a presença de ovos nas fezes.Desta forma, no período de Março a Maio de 2006, foram observados 4498 suínos durante o abate e, com base na rejeição de fígados por lesões devidas a migrações larvares por A. suum, seleccionaram-se 10 % dos animais pesquisados (200) para caracterizar as lesões hepáticas macroscópicas, para determinar a carga parasitária e os sexos dos espécimes adultos encontrados nos intestinos e para avaliar o tipo e a quantidade de ovos de A. suum eliminados nas fezes. As amostras de fezes foram sujeitas a análises coprológicas, com base em métodos qualitativos e quantitativos, (técnicas de Willis e McMaster).Dos 4 498 animais observados, 2 150 (47,80 %) tiveram fígados rejeitados pela presença de lesões por migrações de A. suum. Os animais com fígados rejeitados provieram de diferentes regiões do País e de Espanha, sendo a maioria do Ribatejo e Oeste, com 1008 (54,00%) dos animais. Dos 200 fígados observados, 106 (53,00 %) evidenciaram manchas leitosas, 70 (35,00 %) manchas e nódulos esbranquiçados e 24 (12,00 %) apenas estes últimos. A eliminação de ovos de A. suum foi registada em 85 (42,50 %) das amostras analisadas. Observaram-se outro tipo de ovos e de oocistos, nomeadamente, ovos de estrongilídeos gastrintestinais (6,50 %), oocistos de Eimeria sp. (4,50 %), e numa única amostra observaram-se ovos de cestóide do género Hymenolepis. As formas adultas de A. suum foram colhidas em 57 (28,50 %) dos intestinos, com uma carga parasitária total de 1 019 espécimes (média de 17,9).A patologia evidenciada a nível hepático revelou valores da infecção por A. suum mais elevados do que os registados pela presença de adultos e/ou ovos. Por outro lado, o predomínio do tipo de lesões hepáticas observadas sugeriram tratar-se de infecções antigas ou de reinfecções. Estes resultados preliminares apontam desde já para a necessidade de se reavaliarem os esquemas profilácticos e as medidas de higiene praticadas nas suiniculturas. The most frequent cause of swine liver condemnation is due to the presence of white spots and white diffuse marks at capsular and sub-capsular level, which are developed by the Ascaris suum larvae migration. In our country little is known about this parasitic disease, so the main goal of the present work is to search for A. suum infection in swine from different geographical origins and relate the liver macroscopic pathology to the intestinal adult worm and the eggs excreted in faeces.Between March and May 2006, a total of 4498 pigs were examined at slaughter house and based on A. suum liver condemnation 200 animals were selected in order to characterize the macroscopic liver lesions, to determine the helminthic load and sexes of adult specimens found in the intestines and to evaluate the type and quantity of A. suum eggs excreted on faeces. Coprological exams were performed on faeces, based on qualitative and quantitative methods (Willis and McMaster techniques). Out of 4498 (47, 80 %) pigs observed, 2150 (47,80 %) had their livers condemned by lesions of A. suum larvae migration. Although these pigs came from several regions of Portugal and Spain, the great majority were from Ribatejo e Oeste Region with a total of 1008 animals (54,00%). From the 200 livers examined, 106 (53, 00 %) had diffuse milk marks, 70 (35, 00 %) diffuse milk marks and milk spots, and 24 (12, 00 %) just milk spots. Ascaris suum eggs output were evidenced in 85 (42, 50 %) faeces samples. Eggs of gastrointestinal strongylids (6, 50 %), oocysts of Eimeria sp. (4, 50 %) and eggs from a CESTODA, Hymenolepis diminuta (one sample) were also observed. Ascaris suum adults were found in 57 (28, 50 %) intestines, with a total load of 1.019 specimens (average 17,9). The liver pathological findings showed higher A. suum infection rates than those evidenced by adults in the intestines and eggs output in faeces. On the other hand, the predominant liver lesions suggested that old infections or re-infection had occurred. This preliminary data highlights the need for the reassessment of prophylactic and hygienic measures in swine farms.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/578
ISSN: 0872-5292
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CRESPOMV_Ascaridiose_2006.pdf848,6 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.