Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/387
Título: Levantamento parasitológico em ovinos de carne e leite do concelho de Mafra: dados preliminares
Autor: Rodrigues, Tânia
Crespo, Maria Virgínia
Morgado, Marina
Rosa, Fernanda
Palavras-chave: Ovino
Raça(animais)
Parasitismo
Mafra
Portugal
Data: 2004
Editora: Sociedade Portuguesa de Parasitologia
Citação: RODRIGUES, T.; CRESPO, M.V.; MORGADO, M.; ROSA, F. (2004) - Levantamento parasitológico em ovinos de carne e leite do concelho de Mafra: dados preliminares. In Acta Parasitológica Portuguesa, 11 (1/2): 37-40
Resumo: O parasitismo é uma das condicionantes da Produção Animal, nomeadamente da produção de ovinos. Com este estudo pretendeu-se contribuir para um melhor conhecimento do tipo e do grau de parasitismo existente nos ovinos do Concelho de Mafra. Durante o período compreendido entre Setembro de 2002 e Março de 2003, com a periodicidade de 21 dias, efectuaram-se colheitas directas de fezes de 80 ovinos, (raças predominantemente Saloia e Île-de-France e seus cruzamentos, com idades superiores a dois anos). Realizaram-se análises coprológicas, qualitativas e quantitativas, para pesquisa de ovos de helmintes, oocistos e larvas de estrongilídeos pulmonares (L1).Registou-se a presença de ovos de Monieza expansa e M. benedeni, de Fasciola sp., de estrongilídeos gastrintestinais (Nematodirus sp., entre outros), de Strongyloides sp., de ascarídeos e de Trichuris sp. Foram ainda observadas larvas de primeiro estadio de estrongilídeos pulmonares e oocistos de Eimeria sp.Os valores de infecção foram na generalidade superiores para os rebanhos de leite, quando comparados com os rebanhos de carne. Contudo, as eliminações verificadas situaram-se sempre no nível de infecção ligeira, independentemente da aptidão do rebanho em estudo.Verificou-se um maior número de associações triplas e superiores a triplas, em qualquer dos tipos de rebanhos.The parasitism is one of the constraints in animal production, namely in the sheep production. This study pretended to contribute to a better knowledge of the types and degrees of parasitism existing in sheep at Mafra region, regarding the application of correct profilatic measures. Faeces were collected every 21 days, between September 2002 and March 2003, in 80 sheeps (Saloia and Île-de-France breed and their crossbreeds, age over 2 years). Helminthological egg out put and lung strongyles larvae (L1) were researched in faeces samples. Moniezia sp., Fasciola sp., gastrointestinal strongyles (Nematodirus sp., among others), Strongyloides sp., ascarids and Trichuris sp. eggs, lung strongyles larvae and Eimeria sp. oocists were observed. In general, the values of infection in milk sheeps were superior when compared to those observed in meat sheeps. Nevertheless the egg out put evidenced were located in minor infections, independently the competence in study. Triple and more than triple associations were predominant in both sheep groups
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/387
ISSN: 0872-5292
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CRESPOMV_OvinoMafra04.pdf619,12 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.