Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/371
Título: Sobre alguns parasitas em animais domésticos da região do Lubango
Autor: Rosa, Fernanda
Peleteiro, C.
Louzã, A.
Serôdio, J.
Crespo, Maria Virgínia
Palavras-chave: Platyhelminthes
Arthropoda
Protozoa
Animal doméstico
Lubango
Angola
Data: 2010
Citação: ROSA, F. ; PELETEIRO, C. ; LOUZÃ, A. ; SERÔDIO, J. ; CRESPO, M. V. (2010) - Sobre alguns parasitas em animais domésticos da região do Lubango. II Congresso Angolano de Medicina Veterinária, XII Congresso de Medicina Veterinária em Língua Portuguesa, Huambo (Angola) 19-21 Outubro.
Resumo: Integrado no Módulo de Diagnóstico Laboratorial do curso de formação sobre Sanidade Animal destinado a Médicos Veterinários Angolanos, realizado na cidade do Lubango em 2008, efectuaram-se necrópsias parasitárias incompletas à pele e aberturas naturais, compartimentos gastrintestinais, vasos mesentéricos, fígado, bexiga, vias respiratórias e pulmões e coração, a diversos animais domésticos com interesse pecuário (bovino, ovino, caprino e ave) e de companhia (cão), num total de oito, visando a pesquisa, colheita, conservação de parasitas para estudos posteriores. Identificou-se um total de 19 espécies pertencentes aos filos Platyhelminthes (Moniezia benedeni, Cysticercus tenuicollis, Stilesia hepatica, Fasciola gigantica, Schistosoma bovis e Paramphistomum microbothrium), Nematoda (Setaria sp., Ancilostoma sp., Spirocerca sp., Tetrameres sp., Capilaria sp.), Arthropoda (Insecta – Hippobosca sp., Oestrus sp., Echidnophaga gallinacea e Ctenocephalides felis strongylus, Ixodida -Amblyomma pomposum, Hyalomma truncatum, Boophilus sp., Rhipicephalus duttoni) e Protozoa (Eimeria sp.). Por hospedeiro, os bovinos foram os que apresentaram a maior diversidade parasitária, com 9 espécies (45,00%) e os que evidenciaram as maiores cargas parasitárias na infecção por paranfistomatídeos. As espécies identificadas no presente estudo foram anteriormente mencionadas por diversos autores como fauna parasitária das espécies pecuárias em Angola, estando algumas delas, implicadas na transmissão de agentes patogénicos para os animais (Ehrlichia ruminantium e Clostridium spp.) e para o Homem (Yersinia pestis).
Descrição: Apresentação em painel
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/371
Aparece nas colecções:Posters em conferências e congressos_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Lubango 2010.pdf7,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.