Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/332
Título: Uma leitura bourdiana do "jogo do lixo"
Autor: Rosado, Rosa
Palavras-chave: Habitus
Reciclagem
Catadores
Lixo
Data: 2009
Editora: Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Educação
Citação: ROSADO, Rosa Maris - Uma leitura bourdiana do "jogo do lixo". Revista Interacções. Nº11 (2009), p.230-253
Resumo: Este artigo procura, por meio de uma leitura bourdiana, compreender como se produzem as práticas cotidianas na reciclagem de lixo de Porto Alegre, buscando o “lado ativo do conhecimento prático” e procurando captar os “efeitos do lugar” deste jogo. Nesta perspectiva, são conhecidas as contribuições desta teoria percorrendo os vários domínios do espaço social, buscando “desvelar os fundamentos ocultos da dominação”. A intenção, no entanto, não é reduzir esta teoria, trata-se do exercício da busca de estratégias para estender o olhar acerca da realidade socioespacial do “jogo da reciclagem”, tanto no seu sentido mais amplo, macrocosmos do processo da reciclagem, quanto ao sentido mais restrito ao microcosmo de um galpão de reciclagem, a partir de uma perspectiva reflexiva e crítica. Mobilizo as noções de campo, capital e habitus procurando entender como se dão às posições no jogo da reciclagem de resíduos sólidos gerados na cidade. Os agentes enfocados são catadores de materiais recicláveis, que pela catação de lixo podem espelhar a sociedade de consumo. Burlando as regras do ordenamento socioespacial urbano, esses recusam o lugar que, numa determinada circunstância espaço-temporal, os agentes melhor situados no jogo, tentam lhe impor. Rompendo a inércia relativa em que se encontram, os catadores podem se mobilizar em busca de afirmação das qualidades que acreditam justificarem sua existência, os seus “modos de percepção legítima”. - This article seeks to grasp how everyday garbage recycling practices are carried out in Porto Alegre, addressing the active dimension of a practical knowledge and looking forward to capture the effects of the context. Based on a Bourdieu-inspired approach, we intent to discuss different theoretical elaborations on social space in order to unfold the “concealed basis of domination”. The main purpose is not to reduce the richness of theory but to engaje in an exercise of extending the analytical gaze to encompass the macrocosmos of the recycling process – in its broadest sense – and the microcosmos of the recycling sites, through a reflexive and critical perspective. We apply the notions of field, capital, and habitus to analyse how positions on the game of recyling of solid residues are taken. Also, there is a permanent concern with the appropriateness and applicability of these notions since their reformulation might be necessary. The main research subjects are collectors of recyclable materials, whose agency of gabarge collecting might as well serve as a mirror of society. Evading the rules of urban sociospatial ordering, the agents refuse the place the dominant agents try to impose. We argue that in breaking their relative inertia the collectors start to affirm their qualities, perception, and existence as legitimate.
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/332
ISSN: 1646-2335
Versão do Editor: http://nonio.eses.pt/interaccoes/artigos/K12.pdf
Aparece nas colecções:Volume 5 - 2009 - nº11

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
K12.pdf99,26 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.