Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/290
Título: Os sobreirais da bacia ceno-antropozóica do Tejo (Província Lusitano-Andaluza Litoral), Portugal
Outros títulos: The Quercus suber woodlands of the ceno-anthropozoic Tagus river basin. Portugal
Autor: Neto, C.
Costa, J. C.
Capelo, J.
Gaspar, Natália
Monteiro-Henriques, T.
Palavras-chave: Quercus
Solo aluvial
Cobertura vegetal
Tejo
Data: 2007
Editora: Departamento de Biologia Vegetal da Faculdade de Ciências da Universidade de Málaga
Citação: NETO, C., J. C. COSTA, J. CAPELO, N. GASPAR e T. MONTEIRO-HENRIQUES. Os sobreirais da bacia ceno-antropozóica do Tejo (Província Lusitano-Andaluza Litoral), Portugal. In Acta Botanica Malacitana, 2007. 32: 201-210
Resumo: Os sobreirais da bacia ceno-antropozóica do Tejo (Província Lusitano-Andaluza Litoral), Portugal. A análise das características das formações litológicas de enchimento da bacia do Tejo, com idades que vão do Miocénico ao Plistocénico, permitiu compreender melhor o mosaico de sobreirais potenciais, pertencentes respectivamente ao Oleo sylvestris-Quercetum suberis e ao Asparago apphylli-Quercetum suberis. A composição granulométrica, a coesão das partículas e o efeito da distribuição dos dois sobreirais potenciais e nas respectivas etapas subseriais. A acção antrópica sobre as formações areníticas promove a libertação e a acumulação das areias. Este processo permite a entrada de espécies psamofílicas e desta forma a vegetação potencial primitiva (Asparago apphylli-Quercetum suberis) é substituída pela série psamofílica do sobreiro (Oleo sylvestris-Quercetum suberis).
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/290
ISSN: 0210-9506
Versão do Editor: http://www.biolveg.uma.es/abm/abm.html
Aparece nas colecções:Artigos em revistas internacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
GASPARN_sobreirais2007.pdf199,38 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.