Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/258
Título: Self dialógico: um convite a uma abordagem alternativa ao problema da identidade pessoal
Autor: Alte, Iva
Petracchi, Paulo
Ferreira, Tiago
Cunha, Carla
Salgado, João
Palavras-chave: Identidade
Self Dialógico
Dialogismo
Data: 2007
Editora: Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Educação
Citação: ALTE, Iva d'; PETRACCHI, Paulo; FERREIRA, Tiago; CUNHA, Carla; SALGADO, João -Self dialógico: um convite a uma abordagem alternativa ao problema da identidade pessoal. Revista Interacções. Nº6 (2007), p.8-31
Resumo: A questão da identidade pessoal tem sido alvo de diversas abordagens, pelo que neste trabalho se descreve a forma como questões de índole epistémica subjazem a diferentes concepções e respostas a esta questão por diferentes modelos teóricos da psicologia. Grande parte deste problema deve-se a uma imagem da natureza do conhecimento como sendo uma montagem de representações que deverão espelhar de forma absoluta uma realidade ou uma interioridade imaculada. Os movimentos construtivistas da psicologia têm vindo a desmontar progressivamente esta imagem, embora sem que se consigam vislumbrar respostas alternativas sólidas. Nesse sentido, apresentamos uma breve descrição de uma postura epistémica em crescente elaboração dentro e fora da psicologia e que toma a metáfora do diálogo como seu princípio de base. Esclarecendo os princípios daquilo que consideramos ser o dialogismo, aplicamos de seguida este tipo de abordagem à questão da identidade. Para isso, seguimos a teoria que tem tido mais impacto e visibilidade neste campo, mais concretamente a Teoria do Self Dialógico, que tem vindo a ser elaborada por Hubert Hermans e seus colaboradores. Terminamos com uma referência a alguns dos desafios fundamentais nesta área, sobretudo no que toca à relação com outras questões e áreas, como as da neurobiologia, da psicologia cultural, da psicologia do desenvolvimento e da psicologia clínica. - The question of personal identity has been addressed with different approaches, therefore this essay describes how issues of epistemic nature are implied in different conceptions and answers to this question by different theoretical models within Psychology. Largely, this problem has to do with an image of knowledge as a collection of representations that totally reflect an immaculate reality or interiority. Constructivist approaches within Psychology have been progressively deconstructing this image, although without providing any reliable alternative answers. Thus, we present a brief description of an epistemic position under development within and outside Psychology which takes the metaphor of dialogue as its basic principle. Starting with the explanation of the basic axioms of our own conception of dialogism, we then apply this kind of approach to the question of self-identity, taking the Dialogical Self-Theory developed by Hubert Hermans and his co-workers as the main referential background – since this theory is the one with greater impact and visibility in this area. We conclude with a reference to some of the fundamental challenges in this field, mainly in terms of the relationship with other lines of research and areas, such as Neurobiology, Cultural Psychology, Development Psychology and Clinical Psychology.
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/258
ISSN: 1646-2335
Versão do Editor: http://nonio.eses.pt/interaccoes/artigos/F1.pdf
Aparece nas colecções:Volume 3 - 2007 - nº06

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
F1.pdf99,48 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.