Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/235
Título: A controvérsia na educação para a sustentabilidade: uma reflexão sobre a escola século XXI
Autor: Figueiredo, Orlando
Palavras-chave: Controvérsia
Educação para a sustentabilidade
Assuntos sociocientíficos
Ecologia
Desenvolvimento sustentável
Data: 2006
Editora: Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Educação
Citação: FIGUEIREDO, Orlando - A controvérsia na educação para a sustentabilidade: uma reflexão sobre a escola século XXI. Revista Interacções. Nº4 (2006), p.3-23
Resumo: Vivemos tempos de insegurança e incerteza face ao futuro. Não se trata de uma incerteza social mas de uma incerteza ecológica que põe em causa a sobrevivência de inúmeras espécies incluindo a nossa. No nosso quotidiano somos confrontados com situações tão críticas como as mudanças climáticas, o recurso aos transgénicos, a energia nuclear, a desflorestação, a fome e a pobreza extrema ou a sobrepopulação do planeta. Conceitos como Desenvolvimento Sustentável e Educação para a Sustentabilidade fazem parte da linguagem do dia-a-dia mas nem sempre os seus significados são alvo de reflexão e crítica. Perante esta realidade social e ecológica global, a escola não pode sustentar uma atitude passiva de saberes magistrais e dogmáticos que não podem ser alvo de discussão. Não temos dúvidas que para responder a este desafio a escola tem de se reestruturar. Fazer da sala de aula um palco onde as ideias mais actuais e pertinentes sejam discutidas, reflectidas e criticadas. Só assim a escola dará um contributo real na formação de cidadãos esclarecidos, críticos e interventivos dando especial significado aos conteúdos que tem de veicular. - We live times of insecurity and uncertainty towards the future. This isn't only a matter of social uncertainty but also an ecological issue which questions the survival of several species including our own. In our daily life we must face critical situations such as climate change, transgenic agriculture, nuclear power, the deforestation, famine and extreme poverty or the planets overpopulation. Concepts like sustainable development and education for sustainability are part of nowadays speech; however, their meanings are not often the object of reflection and criticism. Bearing in mind this social and ecological global reality, school can't keep the passive attitude of dogmatic knowledge which can never be discussed. No doubt school has to restructure itself in order to respond to this challenge by making the classroom become a stage where the most actual and pertinent ideas can be discussed, reflected and criticized. Only then school will give a real contribute to educate critical, interventive and aware citizens by giving special meanings to the concepts it must convey.
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/235
ISSN: 1646-2335
Versão do Editor: http://nonio.eses.pt/interaccoes/artigos/D1.pdf
Aparece nas colecções:Volume 2 - 2006 - nº04

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
D1.pdf79,93 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.