Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/2330
Registo completo
Campo DCValorIdioma
degois.publication.issueRevista da UIIPS, Vol. 5. Nº 2,pt_PT
degois.publication.locationSantarémpt_PT
degois.publication.titleRevista da UI_IPSpt_PT
dc.contributor.authorMaia e Carmo, Teresa-
dc.date.accessioned2018-11-05T12:07:26Z-
dc.date.available2018-11-05T12:07:26Z-
dc.date.issued2017-
dc.identifier.citationMaia e Carmo, T. (2017). Como se aprende num MOOC?/ How do you really learn in a MOOC?. In Revista da UIIPS, Vol. 5. Nº 2, Santarémpt_PT
dc.identifier.issn2182-9608-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.15/2330-
dc.description.abstractComo se processa a aprendizagem na modalidade de e-learning sob o formato MOOC? Neste estudo de caso qualitativo comparam-se duas experiências de aprendizagem do ponto de vista do participante em dois MOOC. Trata-se de uma investigação de natureza qualitativa exploratório-descritiva, onde se utilizaram as técnicas mais usadas em investigação qualitativa: a observação participante, o inquérito (por entrevista e questionário) e a análise documental. Os seus resultados apontam para uma experiência de aprendizagem participativa, distribuída, em rede, maciça, solitária e solidária, conveniente, flexível, internacional, informal, criativa, aberta e de qualidade. O que indica a operacionalidade dos MOOC como elementos estratégicos para a empregabilidade - uma vez que é possível treinar competências e habilitar os seus participantes com novos conhecimentos a custos muito baixos – assim como para a redução das desigualdades, por alargarem o acesso ao conhecimento a aprendentes periféricos a vários níveis em condições de qualidade e exigência científica apreciáveis.pt_PT
dc.description.abstractHow does learning work in MOOC format? In this qualitative case study two learning experiences are compared from the point of view of the participant in two MOOC. This is an exploratory-descriptive qualitative research, using the most used techniques in the field: participant observation, inquiry (by interview and questionnaire) and documental analysis. The results point to a participatory, distributed, networked, solitary and supportive, convenient, flexible, international, informal, creative, open and quality learning experience. This points to consider MOOCs as strategic elements for employability - since it is possible to train skills and equip their participants with new knowledge at very low costs - as well as to reduce inequalities, by widening access to knowledge under conditions of relevant scientific quality.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.publisherUI_IPSpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.subjectaprendizagempt_PT
dc.subjecteducaçãopt_PT
dc.subjecte-learningpt_PT
dc.subjectMOOCpt_PT
dc.subjecttecnologiapt_PT
dc.subjecteducationpt_PT
dc.subjecte-learningpt_PT
dc.subjectlearningpt_PT
dc.subjecttechnologypt_PT
dc.titleComo se aprende num MOOC?/ How do you really learn in a MOOC?pt_PT
dc.typearticlept_PT
dc.description.versioninfo:eu-repo/semantics/publishedVersionpt_PT
dc.peerreviewedyespt_PT
degois.publication.volume5pt_PT
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais_ESES

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Artigo case study dois mooc_TMC.pdf505,04 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.