Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/212
Título: Os trabalhos de casa na escola do 1.º ciclo da luz:estudo de caso
Autor: Henriques, Maria
Palavras-chave: Currículo
Trabalhos para casa
Relação escola-família
Relação escola-comunidade
Parceria
Data: 2006
Editora: Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Educação
Citação: HENRIQUES, Maria Eulália de Faria - Os trabalhos de casa na escola do 1.º ciclo da luz:estudo de caso. Revista Interacções. Nº 2 (2006), p.220-243
Resumo: Com este texto, para além de estimular o diálogo, pretendeu-se desenvolver uma investigação sobre os trabalhos para casa, vulgo TPC. Houve que definir objectivos e percorrer várias etapas. No que concerne aos objectivos, procurou-se compreender em que consistem na prática os TPC através das perspectivas dos diferentes actores sociais (professores, pais/encarregados de educação (EEs), alunos, ATL, explicadoras e ama) e que tipos de relações existem face à sua dinâmica. Em relação às etapas, abordaram-se conceitos, passou-se em revista várias teorias; dirigiu-se um breve olhar sobre a recente reorganização curricular; falou-se de estudos publicados; escutou-se os diferentes actores; analisaram-se alguns documentos e confrontaram-se dados. No que diz respeito à metodologia que orientou o estudo situámo-nos no paradigma de investigação qualitativa, optando pelo formato de estudo de caso, com recurso a entrevista, questionário e análise documental. O trabalho decorreu no distrito de Santarém, numa escola pública do 1.º ciclo sendo a população constituída por 4 docentes da EB1 da Luz, 94 alunos, 88 pais/EEs, 2 docentes do ATL, 2 explicadoras e 1 ama. Ao longo deste estudo foi possível verificar: a) que não há consenso sobre o valor pedagógico dos TPC; b) que apenas têm o nome de “casa”, pois não são aí feitos; c) que sacrificam o desenvolvimento de competências em proveito da assimilação de conhecimentos; d) uma “vigia” entre os diversos actores; e) uniformidade pedagógica, com a qual os alunos têm o mesmo itinerário cognitivo; f) a prática de cópias, palavras difíceis, verbos, contas, tabuadas e reduções. - With this text, besides stimulating dialogue, there was an intention to develop an investigation about homework (HW). It was necessary to establish objectives and go through several stages. Concerning the objectives, there was an attempt to understand what HW consists of in reality, through the perspectives of the different social actors (teachers, parents/guardians, pupils, Centres of free time activities, tutors and nannies) and what types of relationships exist in view of their dynamics. Regarding the stages, concepts were approached, several theories were reviewed; a brief overview was made of the recent curricular reorganization; published studies were discussed; the different actors were listened to; some documents were analysed and data was confronted. In respect to the methodology that orientated the study we placed ourselves on the qualitative investigation paradigm, opting for the case study format, resorting to interviews, questionnaires and documental analysis. The survey was held in the district of Santarém, in a public 1st cycle elementary School, the population being constituted by 4 lecturers of Luz’s EB1, 94 pupils, 88 parents/guardians, 2 lecturers from Centres of free time activities, 2 tutors and 1 nanny. Throughout this study it was possible to verify: a) that there is no agreement about the pedagogical value of HW; b) that it is called “home” only by name for it is not done there; c) that it sacrifices the development of skills in profit of the assimilation of knowledge; d) a “vigilance” between the different actors; e) pedagogical uniformity, in which pupils have the same cognitive itinerary; f) the practice of transcripts, difficult words, verbs, accounts, times tables and reductions.
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/212
ISSN: 1646-2335
Aparece nas colecções:Volume 2 - 2006 - nº02

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
B10(1).pdf91,97 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.