Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1617
Título: A Influência das perceções de liderança transformacional e transacional nas perceções de responsabilidade social:um estudo aplicado às organizações de economia social
Autor: Caçador, Cátia Alexandra Rodrigues
Orientador: Leal, Susana
Palavras-chave: Economia Social
Organizações de Economia Social
Responsabilidade Social
Liderança Transformacional e Transacional
Data de Defesa: 9-Nov-2016
Citação: Caçador, C. (2016). A Influência das perceções de liderança transformacional e transacional nas perceções de responsabilidade social : um estudo aplicado às organizações de economia social (Mestrado). Escola Superior de Gestão e Tecnologia, Santarém. Disponível na WWW em: <http://hdl.handle.net/10400.15/1617>
Resumo: Esta dissertação pretende investigar as perceções de liderança e de responsabilidade social de organizações de economia social. Concretamente, visa identificar o estilo de liderança (ou estilos) existente(s) nas organizações de economia social, descrever as perceções de responsabilidade social das organizações economia social e estudar a influência do estilo de liderança transformacional e transacional nas perceções de responsabilidade social nas organizações economia social. Também pretende verificar se as características individuais (género, escolaridade, idade, antiguidade e o desempenho de funções de chefia) influenciam as perceções de liderança e de responsabilidade social. Os dados foram obtidos através da aplicação de um questionário. Obteve-se a uma amostra de 151 colaboradores (chefias e não chefias) de oito instituições de economia social.Os resultados mostraram a existência da predominância da liderança transformacional, no entanto, a liderança transacional também está presente nas organizações de economia social. A dimensão de responsabilidade social com perceções mais elevadas nas organizações é a legal. Além disso, constatou-se que a liderança tem uma influência positiva nas perceções de responsabilidade social, porque segundo o coeficiente de correlação de Spearman, a relação entre as referidas variáveis é alta (0,73**). Os líderes percecionados como mais transformacionais, principalmente no que concerne à sua capacidade de transmitir expetativas de elevado desempenho, conduzem a perceções mais elevadas de responsabilidade social.
Descrição: Dissertação, Mestrado, Gestão de Organizações de Economia Social, Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Gestão e Tecnologia, 2016
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1617
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado_ESGTS
Mestrado em Gestão de Organizações de Economia Social

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CatiaAlexandraRodriguesCacador_Mestrado_GOES_2016.pdf9,67 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.