Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1486
Título: Evidências de validade da versão brasileira do Exercise Motivation Inventory-2 em contexto de academia e personal training
Outros títulos: Validity evidences of the Brazilian version of the Exercise Motivation Inventory- 2 in the context of health clubs and personal training
Autor: Klain, Ingi Petitemberte
Matos, Dihogo Gama de
Leitão, José
Cid, Luis
Moutão, João
Aidar, Felipe
Palavras-chave: evidências de validade
análise fatorial confirmatória
EMI-2
evidence of validity
confirmatory factor analysis
Data: 2015
Editora: Edições Desafio Singular
Citação: Klain, Ingi Petitemberte; Aidar,Felipe; Matos, Dihogo Gama de; Leitão, José; Cid, Luis; Moutão, João. Evidências de validade da versão brasileira do Exercise Motivation Inventory-2 em contexto de academia e personal training, Motricidade, 11, 2, 62-74, 2015.
Resumo: Este estudo teve como objetivos verificar a validade fatorial e a validade interna da versão brasileira do Exercise Motivation Inventory-2 (EMI-2) e comparar os principais motivos para prática de exercício tendo em conta os contextos de academia e personal training. Um total de 588 praticantes de exercício da cidade de Pelotas/RS/Brasil (405 de academia e 183 de personal training) preencheram o EMI-2, o qual é constituído por 51 itens, agrupados em 14 motivos (fatores) para prática de exercício físico. A validade fatorial do EMI-2 foi testada através da realização de análises fatoriais confirmatórias e a validade interna através do alfa de Cronbach. Para a verificar o efeito do contexto nos motivos foi utilizada a MANOVA e calculado o tamanho do efeito. Os resultados obtidos dão suporte à estrutura original do EMI-2 com 14 fatores, nesta amostra. Verificou-se um efeito multivariado significativo do contexto sobre os motivos de prática [Wilks’ λ = 0.912, F (14, 573.000) = 3.9, p < 0.001, η² = 0.088]. Os motivos de “Prazer”, “Força e resistência”, “Desafio”, “Socialização”, “Competição” e “Reconhecimento Social” foram significativamente superiores no contexto de academia e os motivos de “Agilidade” e “Prevenção de Doenças” foram significativamente superiores no contexto de personal training.
This study aimed to verify the factorial and internal validity of the Brazilian version of Exercise Motivation Inventory-2 (EMI-2) and compare the main reasons for exercise training considering the contexts of health clubs and personal training. A total of 588 exercisers of Pelotas city / RS / Brazil (405 from health clubs and 183 from personal training) filled the EMI-2, which consists of 51 items grouped into 14 motives (factors) for exercise. The factorial validity of the EMI-2 was tested by conducting confirmatory factorial analyzes and the internal validity by computing Cronbach’s alpha. To verify the effect of the context on the motives it was used the MANOVA test and calculated the effect-size. The results obtained support the EMI-2 original structure of 14 factors in this sample. There was a significant multivariate effect of the context on the motives for exercising [Wilks’ λ = 0.912, F (14, 573.000) = 3.9, p < 0.001, η² = 0.088]. The motives of "Pleasure", "Strength and Endurance", "Challenge", "Socialization", "Competition" and "Social Recognition" were significantly higher in the context of health clubs and the motives of "Agility" and "Prevention of Diseases" were significantly higher in the context of personal training.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1486
DOI: http://dx.doi.org/10.6063/motricidade.3551
ISSN: 2182-2972
Versão do Editor: http://revistas.rcaap.pt/motricidade/article/view/3551/5296
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais - ESDRM

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Klain, Rombaldi, Matos, Leitão, Cid, Moutão (2015)_MOTRICIDADE_EMI2.pdf747,21 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.