Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1337
Título: Avaliação do efeito da fertilização no crescimento e na mucilagem de Aloe vera barbadensis Miller em ambiente de estufa e de campo
Autor: Monteiro, Tiago Filipe Evaristo Vinagre
Orientador: Goulart, Margarida
Palavras-chave: Aloe barbadensis
Aplicação de fertilizante
Cultivo ao ar livre
Cultura em estufa
Prática cultural
Condição da planta
Mucilagem
Análise de tecidos
Nutriente
Fertilization
Mucilage
Plant condition
Data de Defesa: Mai-2013
Citação: Monteiro, Tiago Filipe Evaristo Vinagre (2013). Avaliação do efeito da fertilização no crescimento e na mucilagem de Aloe vera barbadensis Miller em ambiente de estufa e de campo. 42 p. Dissertação apresentada para obtenção do grau de Mestre em Produção de Plantas Medicinais e para Fins Industriais, Escola Superior Agrária de Santarém, Instituto Politécnico de Santarém
Resumo: Conduziu-se este trabalho com o objetivo de avaliar o efeito da fertilização no crescimento da planta e nas características da mucilagem de Aloe vera barbadensis Miller, em ambiente de estufa e de campo. Os parâmetros avaliados nas plantas de Aloe vera foram o desenvolvimento, a biomassa, teor de nutrientes, condutividade e precipitação de sólidos em álcool. As plantas adaptaram-se preferivelmente a ambientes de estufa e fertilização com matéria orgânica. As plantas do ensaio de campo apresentaram maiores teores de matéria seca. O valor de matéria seca das folhas mais elevado foi registado nas plantas testemunha, com valores de 0,79g por folha. As plantas que apresentaram maiores teores de nutrientes foram as de campo fertilizado com matéria orgânica. Em termos qualitativos, as plantas apresentam valores baixos em condutividade (± 1000 μS.cm-1) e valores altos de Precipitação de Sólidos em Álcool. Considerando todos estes parâmetros, conclui-se que em termos evolutivos, as plantas adaptaram-se melhor em ambientes de regime controlado fertilizadas com composto ou adubo.
The aim of this work is to study the effects of fertilization on growth and mucilage quality of Aloe barbadensis Miller in a greenhouse and field environment. The parameters measured in the Aloe vera leaves were: development, biomass, nutrient content, conductivity and alcohol precipitable solids. Plants adapted better to the greenhouse environment, fertilized with organic matter. The highest values for dry biomass were found in control plants in the open field, with average values of 0.79 g per leaf. The plants with the highest average results in nutritional analysis were the ones grown in the field and fertilized with organic matter. In terms of quality control, the plants showed low values of conductivity (±1000 μS.cm-1) and high levels of alcohol precipitable solids. After considering all of these parameters, it is concluded that in development terms, plants show better adaptation in controlled environment systems, fertilized either with compound or chemical fertilizer.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Produção de Plantas Medicinais e para Fins Industriais, apresentada na Escola Superior Agrária de Santarém, Instituto Politécnico de Santarém
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1337
Aparece nas colecções:Mestrado em Produção de Plantas Medicinais e para Fins Industriais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MPMFI_TMont2013.pdf982,62 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.