Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1305
Título: Relação entre personalidade, coping e coesão no desporto: diferenças entre géneros e escalões
Autor: Freixo, Ana
Orientador: Borrego, Carla Chicau
Palavras-chave: personalidade
coesão
idade
escalão
andebol
alta-competição
coping
personality
cohesion
age
rank
handball
high-competition
Data de Defesa: 2014
Resumo: Resumo 1 – Relação entre Personalidade e a Coesão e diferenças em função do género e do escalão. Pretendemos com o estudo analisar a relação entre a personalidade e coesão e verificar se existem diferenças de Personalidade e Coesão entre géneros e escalões, na modalidade de andebol. Participaram 102 atletas de andebol de seleção nacional (masculino, n=52 e feminino, n=50), pertencentes aos escalões juniores A juniores B e seniores, com idades compreendidas entre os 16 e os 35 anos (M= 20,34 DP+/-4,75 anos). Como instrumentos, foram utilizadas as versões portuguesas do Inventário de Personalidade, NEO-Pi (Lima & Simões, 2009), e do Questionário de Ambiente de Grupo (Mendes, Serpa & Bártolo, 1993). Os resultados permitem-nos concluir que o genero feminino é mais recetivo a novas experiências, e integrado no grupo em questões sociais e de tarefa e mais atraídos para o grupo em questões relacionadas com a tarefa, do que o género masculino. Relativamente aos escalões, concluimos que os Juniores B são mais responsáveis (níveis mais elevados de Conscienciosidade) que o Juniores A e mais integrados no grupo, no que diz respeito a questões sociais do que o Juniores A e que os Seniores. Nas questões relacionadas com a Tarefa são mais integrados que os Seniores. Os resultados indicam ainda que os atletas com elevados valores de Amabilidade se compromentem mais com a equipa como um todo nas tarefas a desenvolver.
Resumo 2- Relação entre Personalidade e a Coesão e diferenças em função do género e do escalão O presente estudo teve como objetivos analisar a relação entre a personalidade e coping e verificar se existem diferenças de personalidade e coping entre géneros e escalões, na modalidade de andebol. Participaram 60 atletas de andebol (masculino n= 30 e feminino n=30), pertencentes aos escalões juniores A, juniores B e seniores com idades compreendidas entre os 16 e os 33 anos (M= 19,68 +/-4,75 anos). Para a realização do estudo foram utilizadas as versões portuguesas do Inventário de Personalidade, NEO-Pi (Lima & Simões, 2009) e do Inventário de competências de Coping, ASCI-28 (Cruz, 1995). Os resultados permitem-nos concluir que o género feminino é mais recetivo a novas ideias e que aproveita o tempo de treino para novas aprendizagem do que o género masculino. Relativamente às diferenças entre escalões verificámos que os Juniores B são são mais responsáveis (níveis mais elevados de Conscienciosidade) e mais preocupados (valores inferiores na Ausência de Preocupações) que o Juniores A. Concluímos também que a Personalidade e o Coping estão positivamente relacionados através da Extroversão e o Confronto com Adversidade; a Conscienciosidade e a Confiança e Motivação para Realização e a Formulação Objetivos/ Preparação Mental. E negativamente relacionadas através do Neuroticismo e Rendimento Máximo sob Pressão, Ausência de Preocupações, Confronto com Adversidade, Confiança, Confiança e Motivação para Realização e a Formulação Objetivos/ Preparação Mental e ainda entre o Rendimento Máximo sob Pressão.
Summary 1 – relationship between personality and cohesion and gender and Echelon differences. We want the study to analyze the relationship between the personality and cohesion and check whether there are differences in personality and cohesion between genders and ranks in handball. 102 athletes participated in national team handball (male, n = 52 and female, n = 50), belonging to the junior ranks to junior B and seniors, aged between 16 and 35 years (M = 20.34 DP +/ -4.75 years). As instruments, Portuguese versions were used personality inventory, NEO-Pi (Lima & Simões, 2009), and the Group environment questionnaire (Mendes, Serpa & Abdalla, 1993). The results allow us to conclude that the female gender is more recetivo to new experiences, and integrated into the Group on social issues and task and more attracted to the Group on issues related to the task, than the males. With regard to youth, we conclude that the juniors B are more responsible (higher levels of Conscientiousness) that the juniors and more integrated into the group, with regard to social issues than the juniors and the seniors. Task-related issues are more integrated than the seniors. The results indicate that the athletes with high values of Agreeableness if you promise more with the team as a whole in tasks to develop.
Summary 2-relationship between personality and cohesion and gender and Echelon differences. The present study aimed to analyze the relationship between personality and coping and check whether there are differences in personality and coping among genera and echelons, in handball. Participated 60 athletes in handball (male n = 30 and female n = 30), belonging to the junior ranks A, B and senior Juniors aged between 16 and 33 years (M = 19.68 +/ -4.75 years). To perform the study Portuguese versions were used personality inventory, NEO-Pi (Lima & Simões, 2009) and Coping skills inventory, ASCI-28 (cross, 1995). The results allow us to conclude that the female gender is more recetivo to new ideas and leveraging the training time for new learning than the males. Regarding the differences between ranks we found that the juniors B are are more responsible (higher levels of Conscientiousness) and more concerned (lower values in the absence of concerns) that Juniors A. We conclude also that the personality and Coping are positively linked through Extroversion and the confrontation with Adversity; the Conscientiousness and the confidence and motivation to Achieve and formulating goals/Mental preparation. And negatively related through the Neuroticism and maximum yield under pressure, the absence of Concerns, confrontation with Adversity, trust, Confidence and motivation to Achieve and formulating goals/Mental preparation and still among the maximum yield under pressure.
Descrição: Projeto de Investigação apresentado para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia do Desporto e do Exercício
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1305
Aparece nas colecções:Mestrado em Psicologia do Desporto e Exercício

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Projeto de Investigação Mestradado Ana Freixo.pdf894,36 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.