Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1284
Título: Aplicação de Modelos Teóricos Motivacionais ao Contexto da Educação Física: Estudo da Relação entre o Clima Motivacional, a Regulação do Comportamento e a Avaliação do Desempenho do Aluno
Autor: Silva, Nuno
Palavras-chave: Clima Motivacional
Educação Física
Motivação
Teoria dos Objetivos de Realização
Teoria da Autodeterminação
Classificação
Motivational Climate
Physical Education
Motivation
Theory of Goal Achievement
Theory of Self-determination
Classification
Data de Defesa: Jun-2013
Resumo: Resumo Estudo Um: Validação Preliminar de um Questionário para avaliar a perceção do clima motivacional dos alunos nas aulas de Educação Física A Teoria dos Objetivos de Realização, inicialmente aplicada ao contexto da educação, tornou-se bastante popular no contexto do desporto, estando na base de diversos estudos sobre a motivação dos sujeitos. Esta teoria baseia-se na existência de dois grupos de objetivos de realização: orientação para a tarefa ou para o ego, pelos quais os sujeitos avaliam a sua competência e definem o sucesso da sua participação numa determinada atividade num contexto específico de realização, tendo por base critérios diferenciados. Segundo vários autores, esta teoria centra-se também na forma como os sujeitos percecionam o contexto social no qual atuam, pelo que o clima motivacional irá influenciar os objetivos da ação para uma determinada orientação (ego ou tarefa). Por outro lado, a perceção do clima motivacional também tem um papel importante na satisfação das necessidades psicológicas básicas, que assumem um papel determinante na regulação da motivação. Assim sendo, com o objetivo de avaliar a perceção do clima motivacional dos alunos nas aulas de Educação Física, em Portugal, surge a necessidade de traduzir e validar para a versão Portuguesa o questionário Learning and Performance Orientations in Physical Education Classes Questionnaire (LAPOPECQ) numa amostra de estudantes portugueses do ensino básico português. Participaram no estudo 400 alunos do 2º e 3º ciclo do ensino básico, divididos em 2 subestudos de modo a entender a perceção do clima motivacional induzido pelos alunos (n=200) com idades compreendidas entre os 10 e os 18 anos (M=13.36;SD=1.68) e pelos professores (n=200) com idades compreendidas entre os 10 e os 17 anos (M=13.22;SD=1.62). Em ambos os subestudos, os alunos eram de escolas públicas e tinham diferentes níveis de envolvimento com a prática de atividade física e desporto fora da escola. Os resultados obtidos demonstraram que a versão portuguesa do LAPOPECQ apresenta uma estrutura fatorial igual à da versão original, com índices bastante aceitáveis de validade e de fiabilidade. Desta forma, poderá ser utilizada com um elevado grau de confiança para avaliar a Perceção do Clima Motivacional (induzido pelos professores e/ou pelos alunos) nas aulas de Educação Física.
Estudo Dois: Estudo da relação entre o Clima Motivacional, a Regulação do Comportamento e a Nota dos alunos na disciplina de Educação Física. A Teoria da Autodeterminação tem sido, nos últimos tempos, alvo de inúmeros estudos com o propósito de estudar a motivação humana nos mais diversos contextos. Esta teoria preocupa-se com o desenvolvimento e funcionamento da personalidade em contexto sociais, e com as causas e consequências comportamentais autodeterminadas. Assim sendo, o principal objetivo deste Estudo é a relação entre o Clima Motivacional, a Regulação do Comportamento e a Classificação dos alunos na disciplina de Educação Física. Neste estudo participaram 618 sujeitos, alunos do 2º e 3º ciclo do ensino básico (218 do 6º ano; 137 do 7º ano; 158 do 8º ano; 105 do 9º ano), de ambos os géneros (328 femininos; 290 masculinos), com idades compreendidas entre os 10 aos 18 anos (M=13,33;SD=1,69), de escolas públicas, com diferentes níveis de envolvimento com a prática de atividade física e desporto fora da escola (310 não praticantes; 308 praticantes regulares). Para avaliar a regulação do comportamento, foi utilizado o Self-Regulation Questionnaire (SRQ), traduzido e validado para a população Portuguesa. Os resultados principais revelaram que se um aluno realiza as aulas de educação física pelo interesse, divertimento, satisfação e perceção de que pode ser importante para o futuro ao invés de satisfazer exigências externas e se forem induzidos pelos professores climas motivacionais orientados para a aprendizagem, nesse caso irão oferecer aos alunos escolha, critérios autodeterminados para o sucesso, neste caso, para uma classificação melhor, e portanto autonomia.
Abstract Study One: Preliminary Validation of a Questionnaire to assess the perception of motivational climate on students' physical education classes The Theory of Goal Achievement, initially applied to the context of education, has become quite popular in the context of sport, as the basis of several studies on the subjects' motivation. This theory is based on the existence of two groups of target achievement: task orientation or the ego, for which individuals evaluate their competence and define success of its participation in a particular activity in a specific context of implementation, with the based on different criteria. According to several authors, this theory also focuses on how the subject perceives the social context in which they operate, so that the motivational climate will influence the objetives of the action for a given orientation (ego or task). On the other hand, the perception of the motivational climate also has an important role in the satisfaction of basic psychological needs, they assume a decisive role in the regulation of motivation. Therefore, in order to assess the perception of the motivational climate on students' physical education classes, in Portugal, there is a need to translate and validate the Portuguese version of the questionnaire Learning and Performance Orientations in Physical Education Classes Questionnaire (LAPOPECQ) on a sample of Portuguese students of primary school. The study involved 400 students from primary school, divided into two sub-studies in order to understand the perception of motivational climate induced by the students (n = 200) aged between 10 and 18 years (M = 13.36, SD = 1.68) and teachers (n = 200) aged between 10 and 17 years (M = 13.22, SD = 1.62). In both sub-studies, the students were from public schools and had different levels of involvement in physical activity and sport outside school. The results showed that the Portuguese version of the LAPOPECQ has a fatorial structure equal to the original version, with very acceptable levels of validity and reliability. Thus, it can be used with a high degree of confidence to assess the perception of the Motivational Climate (led by teachers and / or students) in Physical Education classes.
Study Two: Study of the relationship between Motivational Climate, Behavior Regulation and Rating of students in Physical Education. The Theory of Self-determination has been, in recent times, the subject of numerous studies with the purpose of studying human motivation in various contexts. This theory is concerned with the development and functioning of personality in social context, and the causes and consequences of behavioral self-determined. Therefore, the main objetive of this study is the relationship between the Motivational Climate, and the Regulation of Behavior Rating of students in Physical Education. For such propose, participated in this study 618 students from 2nd and 3rd from primary school (218 from six grade; 137 from seven grade; 158 from eight grade; 105 from nine grade), from both genders (328 – female; 290 – male), and aged between 10 and 18 years old (M=13,33; SD=1,69), from public schools and had different levels of involvement in physical activity and sport outside school. To evaluate the regulation of behavior, has been used the Self-Regulation Questionnaire (SQR), translated and validated for Portuguese population. The main results show that if a student performs the Physical Education classes by the interest, enjoyment, satisfaction and perception that may be important for the future rather than meet external requirements and if they are induced by the teachers oriented motivational climates for learning, this case will offer to pupils choice, selfdetermined criteria for success in this case, for a better classification and therefore autonomy.
Descrição: Dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre em Desporto com Especialização em Educação Física Escolar
Orientador: Luís Cid
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1284
Aparece nas colecções:Mestrado em Desporto - Educação Física Escolar

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Mestrado Nuno Silva.pdf250,57 kBAdobe PDFVer/Abrir
Capa Dissertação Mestrado Nuno Silva.pdf35,02 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.