Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1251
Título: Enfermagem de Saúde Familiar e a doença de Alzheimer
Autor: Santiago, Paula Raquel
Orientador: Saragoila, Fatima
Esparteiro, Maria João
Palavras-chave: ALZHEIMER
SAUDE FAMILIAR
COPING
Data de Defesa: Mar-2012
Citação: Santiago, P. (2012). Enfermagem de Saúde Familiar e a doença de Alzheimer. Santarem: Escola Superior de Saude
Resumo: O enfermeiro de saúde familiar perspectiva a família como unidade básica de cuidados, respeitando o seu contínuo equilíbrio dinâmico ao longo do ciclo vital familiar. O enfermeiro de família pode facilitar o processo de transição da família, através da sua capacitação, atingindo um padrão de desenvolvimento familiar eficaz, em que os resultados obtidos, decorrentes das intervenções de enfermagem desenvolvidas com a família, correspondem a ganhos em saúde. O processo de cuidados das cinco famílias alvo de intervenção, em contexto de estágio, foi baseado no Modelo Dinâmico de Avaliação e Intervenção Familiar (FIGUEIREDO, 2009). As famílias seleccionadas possuíam a característica transversal de serem cuidadores de familiares com doença de Alzheimer (DA), tendo em conta que se trata de uma doença crónica, degenerativa de elevado desgaste físico e psicológico para a família cuidadora, sendo que os enfermeiros podem ter um papel activo numa intervenção psico-educacional. Para desenvolver a prática baseada na evidência foi formulada uma pergunta PICO: Qual o papel do enfermeiro, como facilitador do Coping familiar, na família com um elemento com doença de Alzheimer?. A evidência demonstra que as famílias cuidadoras de familiares com DA devem ser alvo de intervenção de enfermagem, promovendo a saúde dos cuidadores, através do desenvolvimento de grupos de ajuda que capacitem a família a lidar com os problemas comportamentais e cognitivos do seu familiar, sendo trabalhada a resolução de problemas, estratégias de gestão de comportamento e estratégias de Coping baseadas na emoção. As intervenções de enfermagem dirigidas às famílias cuidadoras, mesmo após institucionalização da pessoa com DA, podem atenuar a sobrecarga da experiência e facilitar o Coping da família, sendo novamente valorizada a participação em grupos de suporte dirigidos ao familiar cuidador. 7 ABSTRACT The family health nurse evaluates the family as the basic unit of care, respecting its continuous dynamic equilibrium throughout the family life cycle. The family nurse can facilitate the transition of the family, through their empowerment, reaching an effective pattern of family development, that the results obtained result from nursing interventions developed with the family, corresponding to health gains. The process of care of the five families target of intervention in the context of traineeship, was based on the Modelo Dinâmico de Avaliação e Intervenção Familiar (FIGUEIREDO, 2009). The families selected had the common feature of having caregivers of family members with Alzheimer's Disease (AD), taking into account that it is a chronic, degenerative disease, of high physical and psychological exhaustion for family caregivers, and nurses may have an active role in a psycho-educational intervention. To develop evidence-based practice was formulated a PICO question: What is the role of the nurse as a facilitator of family coping in the family with a member with Alzheimer's disease?. Evidence shows that family caregivers of relatives with AD should be the subject of nursing intervention, promoting the health of caregivers, through the development of support groups that empower the family to deal with behavioral and cognitive problems of his family, and worked on problem-solving strategies, behavior management and coping strategies based on emotion. Nursing interventions aimed at the family caregivers, even after institutionalization of the person with AD, can mitigate the burden and facilitate family coping, being again praised the involvement in support groups addressed to the family caregiver.
Descrição: Relatório de Estagio apresentado para a obtenção do grau de Mestre na área de Enfermagem de Saúde Familiar
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1251
Aparece nas colecções:Mestrado em Enfermagem de Saúde Familiar

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Enfermagem de saude familiar e a doenca de Alzheimer.pdf330,74 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.