Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1230
Título: Estrategias de emporwerment familiar no cuidar à pessoa com Diabetes: olhar e intervir sistemicamente
Autor: Borges, Liliana Isabel
Orientador: Amendoeira, José
Silva, Mário
Palavras-chave: CUIDADOS Á FAMILIA
EMPORWERMENT
DIABETES
Data de Defesa: Jan-2012
Citação: Borges, L . (2012). Estrategias de emporwerment familiar no cuidar à pessoa com Diabetes: olhar e intervir sistemicamente. Santarém: Escola Superior de Saude
Resumo: As mudanças no perfil demográfico, a emergência das doenças crónicas traduzem novas necessidades, sendo determinante o papel dos cuidados de saúde primários com ênfase na autonomia dos cidadãos na resolução dos seus problemas de saúde. Face ao regime terapêutico na diabetes, os sistemas familiares são considerados elementos que operam num quadro complexo e mutável de interações com o contexto sociocultural que os envolve. A conceptualização da família alicerçada no pensamento sistémico, centra‐se tanto no sistema familiar quanto nos sistemas individuais, dando ênfase à interação e reciprocidade entre os membros (FRIEDMAN, 1998). O Empowerment Familiar centra‐se nas potencialidades do sistema, como motor de desenvolvimento de capacidades de forma autónoma, participativa e responsável, contribuindo para a melhoria do nível de saúde dos seus membros. Este percurso cruza duas linhas orientadoras: a prática baseada na evidência e o planeamento em saúde. Numa perspetiva de integração no estágio realizado, realizou‐se previamente uma Revisão Sistemática de Literatura com base na seguinte questão: De que forma a negociação como estratégia de Empowerment Familiar (I) influencia a Pessoa com Diabetes (P) na Gestão ao Regime Terapêutico (O)? Foram analisados, após um percurso validado, quatro artigos que emergiram da busca em bases de dados científicas. Durante o projeto de intervenção implementado, utilizaram‐se estratégias de empowerment emergidas da evidência científica com o objetivo de promover o desenvolvimento de competências das famílias no sentido de melhorar a gestão do regime terapêutico, baseadas sobretudo em processos de negociação e comunicação. Os achados científicos encontrados revelam que projetos estruturados como o desenvolvido, são instrumentos prioritários no cuidar à pessoa com diabetes. Perspetiva‐se neste percurso, o desenvolvimento de uma Enfermagem capaz de alicerçar a sua intervenção numa prática baseada na evidência, correspondendo a necessidades reais das famílias, através do planeamento em equipas interdisciplinares e multissectoriais e promovendo a participação ativa da comunidade. Demography changes and the emergence of chronic diseases are translated in new needs, in which is essential the role of primary health care with emphasis on citizen’s responsiveness in solving their health problems. Faced with the therapeutic regimen in diabetes, family systems are considered as elements that operate in a changing and complex picture of interactions with the socio cultural context that surrounds them. The conceptualization of family grounded in systems thinking, focuses in the family system and individual systems, emphasizing the interaction and reciprocity between members (FRIEDMAN, 1998). The Family Empowerment allows efforts on the system skills to develop capabilities in an autonomous, participative and responsible way, contributing to the health improvement of its members. This route crosses two orientation lines: the evidence‐based practice and health planning. This methodology contributed to the mobilization of scientific evidence in the project development. Integrated in the clinical learning practice for specialist degree, was previously structured a Systematic Literature Review based on the following question: How does the negotiation as a strategy for Family Empowerment (I) influences the Person with Diabetes (R) in is Disease Therapeutic Management (O)?Four articles that emerged in search of scientific databases were analyzed after a valid course. During the intervention, were used strategies of empowerment emerged from scientific evidence, with the aim to promote skills development of families to improve the management of therapeutic regimen, based mainly on negotiation and communication processes. The scientific findings reveal that structured projects such as the one developed, are priority instruments in diabetes care. In this perspective the meaning key is the development of nursing practice evidence‐based, matching real needs of the families through health planning in multidisciplinary health care teams, promoting all community active participation.
Descrição: Relatório de Estagio apresentado para obtenção do grau de Mestre na Especialidade de Enfermagem Comunitaria
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1230
Aparece nas colecções:Mestrado em Enfermagem Comunitária

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Estrategias de Emporwerment familiar....pdf2,6 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.