Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/122
Título: Contribuição para o conhecimento da fauna do Parque Natural das Lagoas de Cufada : diversidade parasitária em Cercopithecus mona campbelli (MAMMALIA; PRIMATES)
Autor: Rosa, Fernanda
Crespo, Maria Virgínia
Mendes, L.
Palavras-chave: Primata
Macaco
Hospedeiro
Parasita
Identificação
TREMATODA
NEMATODA
PENTASTOMIDA
ARTROPODA
Guiné-Bissau
Data: 2002
Editora: Instituto de Investigação Científica Tropical
Citação: ROSA, F. ; CRESPO, M. V. ; MENDES, L. F. - Contribuição para o conhecimento da fauna do Parque Natural das Lagoas de Cufada : diversidade parasitária em Cercopithecus mona campbelli (MAMMALIA; PRIMATES). In: Garcia de Orta. Sér. Zool.. - Lisboa : IICT, 2002. - 24(1-2), 171-174
Resumo: A importância do conhecimento da fauna parasitária, particularmente no que se refere à sua distribuição e evolução espacial e temporal, bem como as repercussões nos diferentes vertebrados que integram um ecossistema, levou-nos a estudá-la em algumas das espécies de hospedeiros do Parque Natural das Lagoas de Cufada (Fevereiro de 2001). O hospedeiro prospectado Cercopithecus mona campbelli (macaco-bijagó) evidenciou uma carga parasitária elevada e uma grande diversidade específica. Identificaram-se espécimes pertencentes a PLATYHELMINTHES (TREMATODA – Dicrocoelium hospes, NEMATODA (ENOPLIDA – Trichuris sp.; RABDITIDA – Strongyloides sp., STRONGYLIDA – Ternidens sp., Oesophagostomum sp., Globocephalus sp., Molineus sp. e SPIRURIDA), PENTASTOMIDA (Armillifer sp.) e ARTHROPODA (INSECTA - DIPTERA: formas larvares de segundo estado de BRACHYCERA). A carga parasitária variou entre 1 e 100 indivíduos para as filos identificadas, registando-se a maior densidade em NEMATODA (52,63%) e ARTHROPODA (46,32%). Todas as espécies identificadas constituem novidade parasitária para o hospedeiro, para a área geográfica em estudo e, com excepção de Dicrocoelium, Trichuris e Oesophagostomum, para a República da Guiné-Bissau. A importância da continuidade destes estudos é salientada pelo facto dos mesmos contribuírem para o conhecimento da biodiversidade deste Parque Natural e das inter-relações que os parasitas estabelecem com a fauna silvestre local e o meio ambiente em geral. Destaca-se ainda, a relevância de algumas das espécies parasitárias identificadas serem transmissíveis ao Homem, podendo concorrer para agravar as condições higio-sanitárias das populações humanas que coabitam neste espaço.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/122
ISSN: 0870-0001
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CrespoMV_Primata02.pdf1,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.