Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1168
Título: Fatores ambientais que influenciam a produção de leite da ovelha Saloia explorada em várias zonas de dispersão da raça
Autor: Pardal, Paulo
Monteiro, M.
Martins, D.
Carolino, N.
Palavras-chave: Raça autóctone
Ovino
Data: 2013
Editora: RED CONBIAND
Citação: Pardal P., Monteiro M., Martins D. & Carolino N. (2013). Fatores ambientais que influenciam a produção de leite da ovelha Saloia explorada em várias zonas de dispersão da raça. Actas Iberoamericanas de Conservación Animal (3): 163-168
Resumo: A ovelha Saloia é uma raça ovina autóctone explorada em Portugal, com o seu solar na região de Lisboa e Península de Setúbal. É uma raça de nítida vocação leiteira, cujo objetivo principal é a produção de leite, destinado parcialmente ao fabrico do “Queijo de Azeitão”. Utilizou-se a informação do contraste leiteiro, num total de 13.420 lactações válidas, submetidas a análise com o objetivo de estudar os fatores ambientais que influenciam a produção leiteira. Analisaram-se as Produções Total de Leite (PTOT) e Normalizada aos 150 dias de lactação (P150), sendo considerados os efeitos do concelho, criador, ano de contraste, mês e tipo de parto, e os efeitos linear e quadrático da idade ao parto. Registaram-se valores médios de 123,52 ± 55,55 e 110,31 ± 48,06 L de leite para a PTOT e a P150, respetivamente. A duração média da lactação foi de 180 dias e a idade média ao parto de 51,8 meses. Todos os fatores considerados influenciaram significativamente (P<0.01) a produção leiteira analisada, sendo os efeitos do criador e do concelho responsáveis por grande parte da variabilidade entre observações. O ano de contraste também apresentou um nível de significância elevado nas produções analisadas. Os partos concentraram-se em duas épocas, janeiro-março e julho-dezembro, registandose as maiores produções de leite nos partos ocorridos nos meses de março, novembro e dezembro. Os partos múltiplos originaram produções superiores. A produção de leite aumentou com a idade da ovelha, atingido o valor máximo aos 60 meses, idade a partir da qual começou a decrescer.
The Saloia is a local Portuguese sheep breed from the Lisbon and Setúbal peninsula area. It has a distinctly milking aptitude, and is mainly exploited for its milk, which is partly used in “Azeitão” cheese production. Milk records data totalling 13420 valid lactations were analysed to study the effect of environmental factors on milk yield. Total Milk Yield (TMY) and 150-day Adjusted Milk Yield (150Y) were analysed for the effects of municipality ; f lock ; season, month and type of lambing ; and the linear and quadratic effects of ewe age at lambing. Mean values for TMY and 150Y were 123.52 ± 55.55 and 110.31 ± 48.06 L, respectively. Average lactation length was 180 days, and average age of ewe at lambing was 51.8 months. All analysed factors affected milk yield significantly (p<0.01), flock and municipality accounting for a large share of the variation. The year of lambing also had a highly significant effect on yield. Lambings were concentrated in two seasons: January-March and July-December. Yield was higher in lactations following March, November and December lambings. Yield was higher in lactations following multiple lambings. Milk yield increased with age of the ewe at lambing until 60 months, and decreased thereafter.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1168
ISSN: 2253-9727
Versão do Editor: http://www.aicarevista.es/
Aparece nas colecções:Artigos em revistas internacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Trabajo024_AICA2013.pdf577,24 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.