Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1166
Título: Implementação da técnica de PCR em tempo real na detecção de Víbrio parahaemolyticus em alimentos
Autor: Lourenço, Joana Isabel Ribeiro
Orientador: Neves, Ana
Palavras-chave: Alimento de origem marinha
Vibrio parahaemolyticus
Análise bacteriológica
Seafoods
Bacteriological analysis
PCR
Data de Defesa: 2011
Citação: Lourenço, Joana Isabel Ribeiro (2011).Implementação da técnica de PCR em tempo real na detecção de Víbrio parahaemolyticus em alimentos. 57p. Dissertação de mestrado em Sistemas de Prevenção e Controlo Alimentar, Escola Superior Agrária de Santarém, Instituto Politécnico de Santarém. Disponível em:http://hdl.handle.net/10400.15/1166
Resumo: Apesar dos riscos envolvidos com a contaminação de peixes e mariscos com Vibrio parahaemolyticus há uma falta de informação sobre a ocorrência destes na Europa. O Vibrio parahaemolyticus é muito abundante no ambiente aquático, nomeadamente nas águas mais quentes. Na sequencia das análises efectuadas, no PCR em Tempo Real, 21% das amostras revelaram ser positivas, no método clássico, todas as amostras tiveram resultado negativo. Os positivos, embora numa percentagem baixa, poderão ser um problema para a segurança alimentar, uma vez que foram detectados unicamente pelo método do PCR em Tempo Real, podendo representar um factor adicional na ocorrência de casos isolados do consumo do alimento contaminado. A compatibilização dos resultados do PCR em tempo real com o Método Clássico de análise, não foi possível pois a técnica de PCR em Tempo Real, oferece uma maior celeridade nos resultados, consegue de quantidades reduzidas de amostras encontrar resultados que o Método Clássico não faz.
Despite the risks involved with the contamination of seafood with Vibrio parahaemolyticus is a lack of information on their occurrence in Europe. Vibrio parahaemolyticus is abundant in the aquatic environment, particularly in warmer waters. Following testing, the Real Time PCR, 21% of the samples proved to be positive, the classic method, all samples were negative. Although, a low percentage of positives may be a problem for food security, since it was detected only by the method Real-Time PCR and may represent an additional factor in the occurrence of isolated cases of eating contaminated food. The compatibility the results of Real-Time PCR with the classic method of analysis wasn’t possible because the Real-Time offers more rapid results, can of small amounts of samples, find results that the classical method doesn’t.
Descrição: Dissertação de mestrado em Sistemas de Prevenção e Controlo Alimentar, apresentada na Escola Superior Agrária de Santarém, Instituto Politécnico de Santarém.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1166
Aparece nas colecções:Mestrado em Sistemas de Prevenção e Controlo Alimentar

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TeseJoanaLoureço.pdf583,31 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.