Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1133
Título: Constrangimentos da tarefa e Padrão de Bipedia em bebés com hipotonia: Estudo de caso
Autor: Cravo, Lídia
Palavras-chave: Hipotonia
Infante
Bipedia
Affordance
Recorrência
Hypotonia
Infant
Bipedia Stance
Recurrence
Data de Defesa: 2013
Resumo: O desenvolvimento e aperfeiçoamento do desempenho hábil de atividades motoras são tarefas de desenvolvimento importantes da infância. Tais atividades motoras são parte integrante de repertórios comportamentais das crianças e fornecem o meio através do qual as crianças exploram o seu ambiente. Segundo uma perspetiva ecológica, o comportamento humano é percebido como uma interação entre o indivíduo e o ambiente, sendo este processo dinâmico e não linear. Para além, as mudanças no desenvolvimento são influenciadas por fatores que interagem para constranger os padrões de coordenação e de controlo motor na execução das tarefas. Num estudo de caso de uma criança hipotónica, com controlo de movimento fraco, atraso das habilidades motoras e padrões de movimento motor anormais, com dez meses de idade, emparelhada com criança com desenvolvimento típico, fomos verificar se a estimulação funcional em atividades lúdicas favorecia alteração do padrão de controlo postural. Procedeu-se a análise do movimento bidimensional, das crianças em postura bípede, com análise descritiva e de recorrência das oscilações do membro inferior. Os resultados indicam que a estimulação funcional determinou redução das oscilações da articulação proximal (coxo femoral) e da sua variabilidade, com aumento determinístico, tendencialmente mais periódico e mais entrópico. Este padrão não é tão consistente nas articulações distais (joelho e tibiotársica). No segundo momento de recolha, os resultados da criança hipotónica evidenciam aproximação ao padrão de comportamento da criança controlo. Em ambas as crianças a condição de estimulação funcional determinou mudança para comportamento mais periódico e entrópico. Os resultados sustentam a hipótese de que uma estimulação funcional em crianças pequenas hipotónicas propicia um desenvolvimento postural bípede tendencialmente típico. Decorrente dos resultados deste estudo recomenda-se a utilização de estimulação funcional em crianças com hipotonia, em complementaridade com outros métodos de intervenção.
The development and improvement of the performance of motor skill are important developmental tasks of childhood. Such activities are an integral part of motor behavioral repertoires of children and provide the means through which children explore their environment. According to an ecological perspective, human behavior is perceived as an interaction between the subject and the environment. This process is dynamic and non-linear. In addition, developmental changes are influenced by factors that interact to constrain the patterns of coordination and motor control in execution of tasks. In a case study of a ten months old “floppy” infant, with motion control weakness, delayed motor skills and patterns of abnormal motor movement, paired with typically developing children, we verify if the functional stimulation in playful activities favored change the pattern of postural control. There has been two-dimensional motion analysis of the children in bipedal stance, with descriptive and recurrence analysis of the oscillations of the lower limb. The results indicate that the functional stimulation caused decrease of the oscillations of the proximal joint and its variability, with an deterministic increase, tend to be more regular and more entropic. This pattern is not as consistent in the distal joints (knee and ankle). In the second moment of sampling, the results show the « floppy » child approach to behavior pattern of the child control. In both children the functional stimulation condition determined change for behavior more periodic and entropic. The results support the hypothesis that a functional stimulation in young « floppy » children provides a bipedal posture tended typical development. Arising from the results of this study, the use of functional stimulation is recommended in children with hypotonia, in complementary with other methods of intervention.
Descrição: Dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre em Atividade física em Populações Especiais. Professor Doutor David Paulo Ramalheira Catela
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1133
Aparece nas colecções:Mestrado em Atividade Física em Populações Especiais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
1_Capa_Dissertação.pdf343,18 kBAdobe PDFVer/Abrir
2_Dissertaçao mestrado - Lídia Cravo.pdf2,44 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.