Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1109
Título: Responsabilidade Pessoal e Social no Desporto – estudo da relação da motivação intrínseca, competência, enjoyment, orientação motivacional e clima motivacional, em função dos géneros.
Autor: Loureiro, Diana
Palavras-chave: Propriedades psicométricas
competências pessoais e sociais
enjoyment
interesse
competência
orientação e clima motivacional
motivação intrínseca
Psychometric properties
personal and social skills
interest
competence
orientation and motivational climate
intrinsic motivation
Data de Defesa: 2013
Resumo: RESUMO Atualmente, a probabilidade dos adolescentes se envolverem em comportamentos de risco é cada vez maior, o que leva à necessidade de intervir no sentido de os ajudar a serem bem-sucedidos durante a adolescência, juventude e enquanto adultos (Danish, 1997). O contexto desportivo é propício para uma educação informal, que pode contribuir para o desenvolvimento positivo, quer do jovem quer da comunidade (Santos & Gonçalves, 2012). Neste sentido, surgem os programas desportivos de intervenção psicológica com o intuito de desenvolver e melhorar as competências das crianças e jovens. Baseado no modelo de responsabilidade pessoal e social de Hellison, pretendemos realizar a adaptação e validação do instrumento Personal and Social Responsibility Questionnaire de Li, Wright, Rukavina e Pickering (2008); verificar se os participantes masculinos com maiores níveis de responsabilidade pessoal e social, apresentam maior motivação intrínseca, interesse (enjoyment), competência, clima e orientação motivacional para tarefa; e averiguar se existe uma correlação significativamente positiva entre a responsabilidade pessoal e social e a motivação intrínseca, competência, interesse, orientação e clima motivacional para a tarefa, em função dos géneros. Participaram 276 atletas, com idades compreendidas entre os 9 e 16 anos (M=13,32; DP=1,75), praticantes de modalidades coletivas. Foram utilizadas as versões portuguesas do Questionário de Responsabilidade Pessoal e Social no Desporto, o Questionário de Regulação do Comportamento no Exercício Físico (motivação intrínseca), o Inventário de Motivação Intrínseca (interesse e competência), o Questionário de Orientação para a Tarefa e para o Ego no Desporto e o Clima Motivacional para Jovens. Os resultados da análise fatorial exploratória suportam a estrutura de dois fatores, com índices de consistência interna aceitáveis (fator 1 α=0,80; fator 2 α=0,80). Os resultados exibem diferenças entre os géneros para a competência, interesse, orientação para o ego e responsabilidade social. As raparigas apresentam maior nível de responsabilidade social, não existindo diferenças para a responsabilidade pessoal. Os rapazes desenvolvem mais crenças positivas acerca da sua capacidade de autocontrolo e resistência perante a pressão dos pares, comparativamente às raparigas. Os resultados sugerem que os indivíduos do género masculino que apresentam maiores níveis de competência também têm maior nível de interesse pela atividade desempenhada. A responsabilidade pessoal apresenta correlações significativamente positivas com todas as variáveis exceto com a orientação para o ego, nos dois géneros. Os sujeitos do género masculino preocupam-se com a sua habilidade de competência mas também de progresso e sucessos individuais, primando pela aprendizagem e melhoria de competências. No que toca às raparigas, quando preocupadas com a sua habilidade pessoal de competência como sendo superior e fundamental para o sucesso tendem a experienciar menos sentimentos de interesse.
ABSTRAT Currently, the likelihood of teens engaging in risky behaviour is increasing, which leads to the need to intervene to help them succeed during adolescence, youth and as adults (Danish, 1997). The sporting context is conducive to informal education, which may contribute to the positive development of either the young or the community (Santos & Gonçalves, 2012). In this sense, there are sports programs psychological intervention in order to develop and improve the skills of children and youth. Based on the model of personal responsibility and social Hellison, we intend to perform the adaptation and validation of the Personal and Social Responsibility Questionnaire Li, Wright, Rukavina and Pickering (2008), check whether the male participants with higher levels of personal and social responsibility, have higher intrinsic motivation, interest (enjoyment), competence, climate and motivational orientation to task, and see if there is a significantly positive correlation between the personal and social responsibility and intrinsic motivation, competence, interest, orientation and motivational climate for the task in function of gender . 276 athletes participated, aged between 9 and 16 years (M=13.32, SD=1.75), of collective modalities. We used the Portuguese versions of the Questionnaire Personal and Social Responsibility in Sport Questionnaire on Regulatory Behaviour in Exercise (intrinsic motivation), the Intrinsic Motivation Inventory (interest and competence), and the Questionnaire for Task Orientation and the ego Motivational Climate in Sport and Youth. The results of exploratory factor analysis support the two-factor structure with acceptable internal consistency (α=0.80 factor 1; Factor 2 α=.80). Results show gender differences for competency, interest, ego orientation and social responsibility. The girls have a higher level of social responsibility; there are no differences for personal responsibility. The boys develop more positive beliefs about their ability to self and resistance against peer pressure, compared to females. The results suggest that individuals of males showing higher levels of competence also have a higher level of interest in the activity performed. Personal responsibility has significantly positive correlations with all variables except for the ego orientation in both genders. The subjects of the male gender are concerned about their ability to jurisdiction, but also of individual progress and successes, striving for learning and skills improvement. With regard to girls, when concerned about their personal skill competence as superior and fundamental to success tend to experience fewer feelings of interest.
Descrição: Projeto de Investigação apresentado para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia do Desporto e do Exercício ORIENTADORA: Professora Doutora Carla Chicau Borrego
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1109
Aparece nas colecções:Mestrado em Psicologia do Desporto e Exercício

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado - Diana Loureiro.pdf938,14 kBAdobe PDFVer/Abrir
Capa dissertação de mestrado - Diana Loureiro.pdf283,63 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.