Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.15/1083
Título: Caraterização das explorações de caprinos da raça serrana, ecótipo ribatejano, na região do Ribatejo
Autor: Sobral, P.
Bernardes, M.
Pardal, Paulo
Palavras-chave: Cabra
Raça serrana
Sistema de exploração
Alimentação dos animais
Produção de carne
Produção leiteira
Controlo leiteiro
Goat
Serrana Breed
Goat farming system
Milk yield
feeding
Data: Nov-2014
Editora: Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém
Citação: Sobral, P; Bernardes, M. & Pardal, P. (2014). Caraterização das explorações de caprinos da raça serrana, ecótipo ribatejano, na região do Ribatejo. Revista da Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém, 4 (2): 55-81.
Resumo: O trabalho carateriza o efetivo e as condições de exploração da raça caprina Serrana, ecótipo Ribatejano, na região do Ribatejo. Baseia-se em registos disponibilizados pela ACORO - Associação de Criadores de Caprinos, Ovinos e Bovinos do Ribatejo e Oeste e inquéritos realizados junto dos caprinicultores, com efetivos inscritos no Livro Genealógico, pertencentes à sua área de influência. Obtiveram-se, ainda, dados relativos à qualidade higiénica do leite, disponibilizados pela Queijo Saloio S.A., entidade responsável pela sua recolha. Atualmente, existem nove criadores com animais inscritos no Livro Genealógico da raça, com um efetivo total de 1022 animais e distribuídos pelos concelhos de Santarém, Torres Novas, Rio Maior, Alcanena e Alcobaça. Os caprinicultores são, na sua generalidade, indivíduos com fraca instrução, idade avançada, embora com muita experiência na atividade pecuária. As explorações são do tipo familiar, algumas ainda com ordenha manual. Os animais são explorados num sistema extensivo melhorado, baseado num pastoreio de percurso, aproveitando os subprodutos de algumas culturas e suplementado com palha/feno e alimento composto comercial. Na lactação de 2012/2013, a produção média de leite por cabra foi de 204,6 L. A qualidade higiénica do leite é deficiente na generalidade das explorações, ultrapassando os valores recomendados para o teor em microrganismos.-----This study describes the population and production systems of the Serrana goat breed Ribatejana branch, in the Ribatejo region of Portugal. It is based on data supplied by ACORO – Ribatejo e Oeste Goat, Sheep and Cattle Breeders’ Association, and on a questionnaire to the herdbook breeders from the same association. Milk quality data have also been obtained from Queijo Saloio S. A. There are nine herdbook breeders, with a total of 1022 animals, distributed over the Santarém, Torres Novas, Rio Maior, Alcanena and Alcobaça municipalities. Goat breeders usually have a low level of education and are of an advanced age, but they possess considerable experience in animal husbandry. Farms are family farms and hand-milking is still practised in some of them. The animals are kept in an improved extensive system, based on itinerary grazing including crop residues, and supplemented with straw/hay and commercial feed. Average lactation yield in 2012/2013 was 204.6 L. Milk hygiene quality is poor in most farms, with bacterial counts exceeding recommended values.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.15/1083
ISSN: 2182-9608
Versão do Editor: http://www.ipsantarem.pt/wp-content/uploads/2014/11/Revista-da-UIIPS_N4_Vol2_ESAS_2014.pdf​
Aparece nas colecções:Artigos em revistas nacionais_ESAS

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
REVUIIPS_2014_4_PARDALB_SerEcotRibatpdf.pdf1,03 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.